14.11.07

Abóbora e avelãs às flores



Folhados de abóbora e queijo coroados de avelãs

Assei a abóbora com sal, louro e azeite no forno durante 30 minutos, coberta com alumínio. Fiz bastante (que usei também numa sopa), para os folhados utilizei umas 200grs batida em puré (não esquecer retirar o louro!!) com um punhado de coentros.

Por unidade:

massa folhada
1 colher sopa creme abóbora e coentros
1 colher sopa queijo fresco em creme (usei light)
1 colher sobremesa queijo da ilha
avelãs lascadas
+
1 colher chá queijo
1 colher chá abóbora
avelãs
para o topping.


A foto que se segue foi no dia seguinte. A luz da manhã na minha cozinha estava linda e eu não resisti.

10 comentários:

  1. Faço um puré parecido!!! Acrescento apenas mais ueijo de cabra e limão. Fica óptimo!!! Adorei a foto e a originalidade dos formato dos folhados...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. nunca fiz nada semelhante mas agora fiquei cheia de vontade de experimentar. tem um aspecto muuuuuuuiiiiiitoooooooo bom!!!

    ResponderEliminar
  3. Isto não é só apetitoso como tem um bom aspecto escandaloso!!! =p Adorei! .... e apontei =P
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Que apresentação fantástica.

    E esse puré deve ser divinal.

    Beijocas

    ResponderEliminar
  5. Acabei de descobrir o seu blogue.
    Gostei muito desta sugestão e de todas as outras que entretanto descobri.
    Benvinda!

    ResponderEliminar
  6. Suzana, quando dizes queijo fresco em creme referes-te àquele queijo começado por P com nome de cidade americana :)?
    Hoje estou muito virada para a publicidade...já agora, onde é que compraste o cortador para fazer esse formato de flores? Estive em 2lojas da baixa e só consegui arranjar uns cortadores manhosos!

    Em relação à fotos, as tiradas de dia são efectivamente outra coisa...a maior parte das minhas são tiradas à noite e perdem sempre muito.

    Enfim, estou para aqui a falar e ainda não disse nada sobre a receita, mas já deves ter percebido pelas perguntas que estou a pensar fazê-lo. Ou seja, adorei!

    ResponderEliminar
  7. Ora por partes:
    - continente errado no que se refere ao queijo! Usei fromage frais (daqueles baldes de 500grs com o nome de uma civilização antiga, "parceira" da Suméria) que voltei a usar para... logo vês. ;-)
    - os cortantes são velhinhos, velhinhos - vieram do século passado. Mas vi uns (mais ou menos do mesmo tamanho) em forma de estrela muito catitas na cozinhomania aqui do meu bairro. Ando à procura de cortantes novos para as minhas cookies de natal, mas parece que só chegam para a semana.

    ResponderEliminar
  8. Tenho sempre dúvidas em relação a queijo creme e creme de queijo fresco . O 1.º porque é usado quer em relação ao queijo com nome de cidade americana ou àquele queijo amarelo de sabor duvidoso, servido na couvert de alguns restaurantes. O 2.º não sei porquê, mas tenho a mania de chamá-lo queijo fresco batido.
    Quanto aos cortantes, nunca mais me tinha lembrado que a Cozinhomania é também uma loja. É que ultimamente só tenho ido às aulas de culinária e como não são no espaço da loja, como acontecia há uns anos.
    Obrigada pela informação e aguardo pela tal receita…

    ResponderEliminar
  9. Suzana, essa combinação da abóbora, coentros e queijo da ilha deixou-me "a bater mal".
    Tenho de ir para a "Rehab" como a Amy. Mais uma boa escolha.Parabéns!

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!