10.9.08

Figos Amigos

fig tart

Figos. Montes de figos. Os figos roxos têm de ser as frutas mais sensuais à superfície da Terra! E seja porque a cor é extraordinária ou simplesmente pelo seu sabor único... seja por uma ou outra (ou ambas), adoro figos. Nada de novo sob o sol, esta não é a primeira vez que falo da minha perdição por estas pequenas doces e sumarentas maravilhas, que rebentam na boca numa explosão de sabor e textura! Este verão foi particularmente pródigo em figos, gordinhos e verdes ou roxos e compactos. Prefiro os últimos aos primeiros. As minhas férias no Algarve foram, como de costume, cheias de figos: fiz compota de figo, uma tarte e figos alourados com iogurte grego. O Céu na Terra!

Os figos foram figura de proa numa semana a eles dedicada por uma certa pequena Clumbsy Cookie que embarcou numa fig fun! ;) Em caso de dúvidas sobre o que fazer a cestos infinitos de figos fica um apanhado de belas receitas (em inglês).

fig tart

Tarte de Figos

Para 4 (ou 2 muito gulosos)

6-8 figos roxos frescos
2 colheres sopa açucar, mais extra para polvilhar
1 colher chá raspa de limão
1 ovo
2 colheres sopa leite
danish pastry* (ou massa folhada)
mel (opcional)

Numa superfície ligeiramente enfarinhada, estenda a massa Danish num rectângulo de 20 x 20cm, até esta estar fina, com cerca de 1/2 cm de espessura. Coloque a massa num tabuleiro previamente preparado. Corte os figos em fatias longitudinais. Arrange os figos sobre a massa, deixando 2 cms de massa a toda a volta. Dobre para dentro, criando um rebordo de massa de cerca de 1 cm. Bata o ovo com o açucar, a raspa de limão e o leite. Deite sobre a fruta, cuidadosamente para não mover os figos. Polvilhe a fruta e a massa com açucar extra. Coza por 40-45 minutos a 200ºC. Remova do forno e tranfira para uma grelha metálica. Regue com mel e sirva morno.

* a massa Danish é uma massa de brioche ligeiramente folhada. A Mariana traduziu a receita, pode ser encontrada no Caos na Cozinha aqui.

figs

Figos Alourados com Iogurte Grego


Para 2

2 colheres sopa mel
6 figos roxos maduros
1 colher sopa manteiga
1 colher sopa açucar
200 grs iogurte grego

Corte os figos ao meio e salpique com açucar o lado cortado. Derreta a manteiga numa pequena frigideira e aloure os figos por um minuto, com o lado cortado para baixo. Combine o iogurte com o mel, mexendo bem. Divida os figos por duas tigelas. Deite uma colherada generosa de iogurte sobre os figos e sirva.

15 comentários:

  1. E eu que este ano ainda não comi um único figo... Asssim como tu também prefiro os roxos e agora fiquei com água na boca só de pensar no sabo deles... Se eu tivesse figos estas duas receitas não me escapavam.

    beijocas

    ResponderEliminar
  2. Palavras para quê? Já está tudo dito. Também sou outra perdida por figos. Tenho figueiras com variedades roxas e amarelas, mas uso mais os amarelos, mais doces, pelo menos os do meu quintal.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. no outro dia também fiz uma tarte de figos mas não foi com os figos roxos.
    acho que com esses deve ficar ainda mas saborosa.
    e os figos com o iogurte devem ser fantásticos...
    receitas 5 estrelas!

    ResponderEliminar
  4. (Snif... snif...) Não encontro os deliciosos figos roxos por aqui, que pena!

    Suzana que perdição, que aspecto, que simplicidade.
    Fiquei vidrada nessa massa fininha debaixo dos lindos figos.

    Beijo

    ResponderEliminar
  5. Eu, tu e a Laranjinha estamos mesmo em sintonia! As receitas com figo roxo de facto são visualmente mais apelativas, mas olha que a minha tarte também ficou saborosa...

    Tenho figos verdes para a troca!

    bjs

    ResponderEliminar
  6. Que coisa boa. Realmente andamos em sintonia.
    Beijinhos,

    ResponderEliminar
  7. Waw! Se tem figo ja valeu pra mim.
    Otimas receitas, adorei.
    Beijos

    ResponderEliminar
  8. que delicia, nham nham..
    adorei seu cantinho é bem delicioso..

    Um abraço gracy

    ResponderEliminar
  9. Adoro figos, e a receita e incrivel, principalmente para mim , que nao sou muito criativa em questao de figos, gosto de come-los em natura , e quando tenho que cozinha-los fico doida, pensando no que fazer.
    Beijos

    ResponderEliminar
  10. Adorei as sugestões, pois acostumei a comê-los frescos, ou no máximo grelhados... adorei mesmo!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Adorei as sugestões, pois acostumei a comê-los frescos, ou no máximo grelhados... adorei mesmo!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Essas sugestões são perfeitissimas paa mim! Ou não fosse eu viciada em figos.. : )

    ResponderEliminar
  13. Suzana

    Se continua a postar estas tentações com figos deixo de cá vir uns tempos ;) Claro que estou a brincar, mas é que eu não os encontro mais, os preços são de loucos aqui em Lisboa!!! Essa tarte deve ser uma delicia, adorei a massa tão fina!!!

    ResponderEliminar
  14. Fico com essa massa na ideia pois parece-me deliciosa, não? Quanto aos figos, já disse tudo à Pipoka. Avisa-me quando fores publicar receitas com os figuitos pois eu, não virei aqui!!! Ok? É que isto de ser o meu fruto favorito e eu andar perdida em África, sem os poder comer, não dá Suzanita! :o)

    Beijos

    ResponderEliminar
  15. Que maravilha esta postagem.
    Eu também sou da turma do figo.

    Até,

    Cláudia

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!