5.12.08

Farófias & Abraços

Pink

Nós em Portugal não somos de abraços. Somos mais... beijos. Facilmente oferecemos a nossa face para ser beijada (mesmo por alguém que não conhecemos bem) mas raramente abraçamos. Para mim, os abraços são uma espécie de energia vital que alimenta a felicidade (o que quer que isso seja). Alguém disse que não se pode embrulhar o amor dentro de uma caixa, mas pode embrulhar-se alguém num abraço. Já tiveram a vossa dose diária de abraços hoje?

Farófias

Sempre que penso em Farófias penso nas nuvens. Os franceses chamam~lhe ile flotante, mas para mim as farófias não flutuam, pairam. Estas "nuvens“ de merengue fofo e delicado combinadas com um molho de limão e uma pitada de canela, juntamente com um abraço, uma tonelada de pensamentos positivos e um monte de sorrisos são para a Barbara.

Farófias
Ligeiramente adaptado de Maria de Lourdes Modesto, Cozinha Tradicional Portuguesa

4-6 Pessoas

4 ovos grandes, separados
4 colheres sopa açucar
3 chávenas (750 ml) + 3 colheres sopa leite gordo
Casca de 1 limão, cortada em tiras grossas
1/2 chávena açucar amarelo
1 colher sopa amido milho (maizena)
1/4 colher chá canela moída
2 colheres sopa amêndoas fatiadas, tostadas

Coloque as 3 chávenas de leite e as tiras de casca de limão numa caçarola funda, em lume moderado. Deixe levantar fervura. Remova do lume e deixe em infusão 5 minutos. Retire as cascas, coe o leite e coloque de novo na caçarola. Bata as claras em castelo e adicione as 4 colheres de sopa de açucar, uma de cada vez e bata até se formarem picos altos.

Leve o leite de novo ao lume médio. Quando ferver, deite colheradas de merengue. (Para que a colher não agarre, passe-a repetidamente por água fria). Coza os merengues no leite, 2 minutos de cada lado. Retire cuidadosamente com uma escumadeira para um prato grande e reserve.

Quando todos os merengues estiverem cozidos, coe o leite que sobrou para uma frigideira de fundo grosso e misture o açucar amarelo. Verifique se algum leite ficou no fundo do prato onde se encontram os merengues. Numa tigela pequena, combine as 3 colheres de sopa de leite com o amido de milho. Deite um pouco do leite quente nesta mistura e coloque na frigideira, mexendo continuamente sobre lume fraco por 3 minutos ou até engrossar. Bata as gemas, deite um pouco da mistura quente e mexa tudo na frigideira. Leve ao lume mexendo sempre por 2-3 minutos (sem deixar ferver para não criar grumos).

Coloque os merengues numa travessa ou em 4-6 pratos individuais. Deixe o molho esfriar ligeiramente e deite sobre os merengues. Sirva morno ou bem gelado, polvilhando as farófias com canela e as amêndoas toastadas antes de servir.

Farófias

7 comentários:

  1. Suzana, mto lindo seu post! impressionante como um abraço tem poder, de aconchego, de carinho.. adoro!

    esta sobremesa está linda, comprei este livro recentemente! :)

    bjo, glau

    ResponderEliminar
  2. Concordo consigo: um abraço pode transmitir uma grande energia positiva, mas nós, portugueses, parece que deixámos de acreditar nisso! Um Abraço na hora certa pode mudar muita coisa e tornar a vida mais doce, como estas Farófias!É um doce tradicional por esta altura do ano, assim como o Leite Creme ou o Arroz Doce, e é óptimo para aproveitar as claras que sobram.Gosto de todos os livros da Maria de Lurdes Modesto, mas este acho que é um Tratado!Gosto muito deste seu cantinho. Bjs. Bombom

    ResponderEliminar
  3. Dizem que o abraço ajuda a manter o colesterol em níveis adequados...

    Que lindo que ficou... simples e bonito! Parabéns!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. farófias apresentadas de uma maneira fina ;-) gostei muito, embora nao goste de farófias. e... ainda bem que nao abracamos toda a gente, o abraco é mais intímo para mim e por isso, só abracos de pessoas que gosto ;-)))

    ResponderEliminar
  5. Suzana, linda dedicatoria a amiga querida. Essas farofias deliciosas me lembrou a vizinha acoriana que tive e as fazia sempre.
    Abracos sao bons de dar e receber,mas aqui nos US nao se ve muito isso, pena, nao sabem o que estao perdendo.

    Beiijos e abracos!

    ResponderEliminar
  6. querida, abraço é algo deveras especial. amo os apertadoes, com muito carinho..O meu para ti vai virtualmente. estou no meu primeiro dia de ferias.hurray. e já vim te ver. a homenagem a Barbara é linda. tenho visto vários posts. Muito bacana.

    ResponderEliminar
  7. Pois é, nós os " TUGAS" somos pouco dados a abraços,mas quando damos... cofcofcof!! é mesmo para apertar!
    Farófias, com muita pena minha, não tenho, mas tenho um abracinho para lhe dar como agradecimento por este blog tão bonito e acolhedor! Parabéns!

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!