11.10.10

Caponata, presunto e dias felizes

Caponata

A vida leva-nos a muitos sítios. A minha nunca me levou a terras italianas. Não calhou. E por muitos e largos anos, eu tive um livro de cozinha italiana que não explorei devidamente. Até agora. Comi um antipasto com a minha amiga M. numa recente incursão num restaurante italiano preparado à base de berinjela, tomates, aipo, alcaparras e outros ingredientes. Decidi e comuniquei: vou fazer caponata em casa. Esta receita é um prato vegetariano da região da Sicília em Itália que me lembra sempre o muito francês ratatouille. A mistura dos vegetais e o perfume do manjericão parece sintetizar na perfeição a filosofia da cozinha italiana, o gosto pelos ingredientes e o colorido do prato. A caponata siciliana pode ser servida como acompanhamento - contorni - ou como refeição, acompanhada de presunto ou queijo peccorino. A receita que se segue é uma mistura de várias sendo que a caponata pode ser feita no tacho ou no forno e utilizar diferentes combinações de ingredientes.

Caponata

Caponata Siciliana

4 a 6 porções

4 berinjelas pequenas
2 cebolas grandes, cortadas em fatias finas
3 ramos de aipo, cortados em pedaços
400g tomates maduros, sem pele (cerca de 5 ou 1 lata)
1 colher (chá) de açúcar
4 filetes de anchova
50g de azeitonas verdes (sem caroço), picadas
1 colher (sopa) de alcaparras
3 colheres (sopa) de vinagre de vinho tinto
4 colheres (sopa) de azeite extra virgem
1 colher (sopa) de passas
folhinhas de manjericão fresco

Corte as berinjelas em fatias e grelhe num grelhador antiaderente. Vire ao fim de 2-3 minutos. Pincele com azeite e tempere generosamente com sal e pimenta. Reserve e repita até grelhar todas as fatias. Parta cada fatia ao meio ou em quatro. Numa caçarola larga, aqueça o azeite e frite as cebolas (até estarem translúcidas) e acrescente o aipo. Junte as anchovas e mexa até estarem incorporadas. Adicione os tomates, as azeitonas e as alcaparras. Tempere com sal e pimenta. Cozinhe por cerca de 5 minutos. Junte as berinjelas e deixe cozinhar por mais 10-15 minutos, mexendo ocasionalmente. Adicione o açúcar, as passas e o vinagre. Deixe cozinhar por mais 3-4 minutos. Disponha as folhas de manjericão e sirva com presunto e pão.

9 comentários:

  1. Gostei desta trilogia (incluindo o ingrediente dias feliezs!...)
    Adoro caponata mas curiosamente nunca fiz em casa... não será por muito tempo, parece-me!
    babette

    ResponderEliminar
  2. A vida já me levou algumas vezes a Itália. Calhou. Mas, o que nunca calhou foi comer caponata. Acho que vou fazer como tu e viajar até à Sicilia sem sair de Portugal.

    ResponderEliminar
  3. Suzana, que bela receita.
    Leva-nos daqui a Itália numa garfada cheia de sabor. :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Nunca provei este prato, nem sei se gosto de anchovas mas tem muito bom aspecto :)

    ResponderEliminar
  5. Gosto muito de caponata e já a fiz em casa. Mas há muito tempo. Acho que vou aproveitar a tua deixa e umas beringelas que ainda ali estão e repetir :)

    Beijo grande *
    Mariana

    ResponderEliminar
  6. A resolução de explorar melhor o livro deu óptimo resultado, ficou com óptimo aspecto! E como tenho beringelas no frigorífico... Também me acontece imensas vezes folhear um livro que já tenho há bastante tempo e surpreender-me como se fosse a 1ª vez, tipo "porque é que ainda não experimentei isto antes?!"
    Bjs e boas 'viagens'.
    Teresa (Lume Brando)

    ResponderEliminar
  7. nunca fui a italia mas e um destino de sonho. vamso a ver quando
    quarnto a comida adoro restaurantes italianos
    que belo prato
    beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Ja fui a Italia, e adorei...A comida e super, hiper, fantastica, isto para quem aprecia comida Italiana. E as lojas de fruta, legumes e produtos alimenticios...uma perdicao, uma pessoa quer trazer tudo, lol!

    Nunca fiz caponata, mas ja comi algumas vezes e adoro. Pode ser que seja desta que sai uma camponata da minha cozinha.

    Beijinhos e bom fds

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!