12.10.11

Bolinhos de caranguejo com salada de couve e os anos 80

Bolinhos de caranguejo com salada de couve // Crab Cakes with coleslaw

Ando a trautear uma canção qualquer. Uma daquelas que se mete no ouvido e não há maneira de nos sair da cabeça. Menos mal que a toada dos loucos (e um pouco assustadores) anos 80 não é tão má como os penteados ou a moda que caracterizam essa década do século passado. E eu quase gosto do som dos sintetizadores. Quase. É que isto de ter crescido nos "Eighties" deixa algumas marcas. E se somos o que comemos, também somos a música que ouvimos. We'll always be together / however far it seems / we'll always be together / together in Electric Dreams. Se algum pensamento elaborado existe, não se encontra aqui. Em minha defesa, os Electric Dreams que me povoam a mente são cantados numa versão mais recente pelo David Fonseca e na voz dele tudo soa melhor. We are the music makers and we are the dreamers of dreams.

Com o que é que sonho? Dias felizes e melhores canções. E bolinhos de caranguejo.

Pimentos e sapateira

Os bolinhos podem ser feitos com carne de de caranguejo fresca ou em lata. Uma boa opção é usar as pinças de sapateiras quando se utiliza a sua carapaça para rechear. Estes fizeram uma refeição mas os bolinhos podem ser servidos como entrada ou até como fingerfood se forem feitos mais pequenos. Gosto dos meus com muito limão. Admito que acompanhados de uma maionese não fiquem nada mal. Já a salada prefiro com um vinagrete de mel e mostarda à tradicional maionese. Mas fica ao critério (e gosto) de cada um.

Bolinhos de caranguejo com salada de couve // Crab Cakes with coleslaw



Bolinhos de caranguejo e salada de couve

serve 2, como refeição (ou 4, como entrada)

para os bolinhos:
50g miolo de pão
1 cebola pequena
salsa picada (cerca de 2 colheres sopa)
200g carne de caranguejo (use as pinças das sapateiras ou em lata) 1 colher (chá) mostarda com sementes de mostarda
2 ovos
1 pimento vermelho pequeno (ou metade de um médio)
sal e pimenta preta
pão ralado, para moldar
óleo, para fritar

para a salada
couve roxa (cerca de 1 chávena, depois de cortada)
couve branca (cerca de 1 chávena, depois de cortada)
1 cenoura
2-3 rabanetes, fatiados (opcional)

para o molho:
1 colher (sopa) mel
1 colher (sopa) vinagre de cidra
3 colheres (sopa) azeite extra virgem
½ colher (chá) mostarda com sementes de mostarda

alface, para servir
1 limão, cortado em quartos

Numa picadora, coloque o pão e a cebola e reduza a migalhas. Junte a salsa e triture rapidamente. Deite numa tigela com o caranguejo, a mostarda e o pimento, cortado em cubinhos. Acrescente os ovos e tempere com sal e pimenta. Mexa apenas até obter uma massa homogénea. Reserve no frio por 30 minutos.

Coloque os ingredientes do molho numa pequena caçarola e deixe aquecer. Reserve.

Para a salada, corte as couves finamente. Rale a cenoura e junte à couve. Tempere com flor de sal e regue com o molho. Corte os rabanetes em fatias finas e disponha-os por cima.

Molde os bolinhos com a ajuda do pão ralado. Pode fazê-los maiores ou mais pequenos consoante decida servi-los como refeição ou como entrada.Cubra o fundo de uma frigideira com cerca de um dedo de óleo de girasol e amendoim. Frite cada bolinho 2-3 minutos de cada lado. Sirva com limão em quartos sobre alface, juntamente com a salada de couve.

12 comentários:

  1. Mas que receita deliciosa! Tenho que experimentar. Bjs

    ResponderEliminar
  2. hmmm fiquei tentada em experimentar esse bolinhos de caranguejo. que delicia que devem ser. obrigada pela partilha

    ResponderEliminar
  3. Ficaram tão apetitosos! E a combinação com essa salada de couve parece-me perfeita!
    Um beijo. Gosto sempre dos teus textos e das tuas fotos. Plenos.
    Babette

    ResponderEliminar
  4. Fantástica receita para enganar o calor e manter o humor de Verão! Como te compreendo....na minha vida a música toca constantemente. Mesmo quando mais ninguém a pode ouvir! Um beijinho (fotos lindas, lindas)

    ResponderEliminar
  5. Cresci nos anos oitenta, mas nunca gostei de música electrónica, emendo, nunca gostei nada.
    Acreditas que acabei por casar com um fanático synthpopper? E não há concerto que a criatura perca, eu por arrasto tb não, no Verão passado até os Human League vi, mais electric dreams =D
    Parabéns pelos bolinhos e pela fantástica sugestão do tempero salada, aqui acabamos muitas vezes por fazer coleslaw com iogurte grego em vez de apenas maionese.
    Estou a ver mal ou falta a receita dos crab cakes?

    um abraço e bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  6. Ana,
    As coisas que se fazem por amor!! ;-)

    ResponderEliminar
  7. Adivinhaste-me as vontades! Tenho andado a falar em fazer uns bolinhos de caranguejo há que tempos. Eu vou com maionese de coentros para os bolinhas e vinagreta para a salada. :))
    Bj grande,

    ResponderEliminar
  8. Que petisco tentador!!
    Um beijinho e boa semana

    ResponderEliminar
  9. Adorei esta receita, deveras tentadora. Abraços.

    ResponderEliminar
  10. Não é algo que se coma muito por aqui, gostei da sugestão, incluindo a salada!
    Um beijinho
    Teresa

    ResponderEliminar
  11. Nasci nos anos 80 e, podem ter sido loucos, mas foram bem criativos :) Nunca comi bolinhos de caranguejo mas fiquei com muita vontade. Adoro estes petiscos de se deitar o olho e a mão.

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!