28.2.13

{Escolha do Provador} Coelho com ameixas

coelhocomameixas

Algum dia tinha de ser. O senhor cá de casa deixou por um momento o papel de ajudante de cozinha e cobaia culinária e assumiu a condução da panela. A receita de hoje é escolhida, confeccionada e aqui apresentada pelo Provador. E não, coelho continua a não fazer parte do meu cardápio. S*

Penso, logo existo. O axioma de René Descartes é desmultiplicável em diferentes variantes que transcendem a dimensão racional do sentido da existência. Vejo, cheiro, ouço, cozinho, saboreio, logo existo. Estas são as proposições que definem as cores, as palavras e os sabores que se encontram por estas páginas e que, desde uma certa tarde à beira rio, vou partilhando. Quase sempre provando e comendo. Frequentemente sugerindo. Algumas vezes, por necessidade ou requisito especial, tomando conta própria do tacho.

Ameixas secas // Pruneaux d'Agen

Os dias frios trazem-me à memória cores e aromas de campo. Assados de forno, guisados e estufados de lume brando que aquecem e retemperam. O tradicional coelho à caçador, sobretudo quando cozinhado pela mão sábia da minha mãe, é um desses pratos. No entanto, cá em casa, coelho é uma das carnes que geralmente não assume grande protagonismo culinário porque, segundo a dona da cozinha, é bicho muito parecido com um certo elemento da família. Portanto coelho, só se o provador assumir o papel principal e convencer a dona desta cozinha a provar uma receita de inspiração francesa. Bem, na realidade, esta é uma versão do chef britânico Rick Stein do programa de televisão French Odyssey, uma fascinante viagem pela cultura gastronómica francesa.

Bon appétit!

Cenouras e nabos // Carrots and Turnips




Coelho com ameixas {Lapin aux pruneaux}
Adaptado de uma receita de Rick Stein, French Odyssey

Serve 4, como prato principal

1 coelho cortado em pedaços (cerca de 1,5 kg)
Azeite (q.b.)
Farinha (q.b.)
2 cebolas grandes, em gomos
200 g de bacon, em cubos
2 talos de aipo
3-4 cenouras médias
250 g ameixas secas, descaroçadas
1 bouquet de ervas aromáticas (alecrim, tomilho e louro)
0,75 l de vinho tinto

Num tacho grande onde caibam todos os ingredientes, aloure o bacon e a cebola cortada em pedaços com a ajuda de uma ou duas colheres de azeite. Reserve a cebola e o bacon e introduza no mesmo tacho o coelho previamente temperado com um fio de azeite, sal e pimenta. Aloure a carne e polvilhe com um pouco de farinha. Quando a carne estiver selada introduza os restantes ingredientes – a cebola e o bacon previamente reservados, os talos de aipo e as cenouras cortadas em pedaços, as ameixas, o bouquet de ervas aromáticas e regue tudo com vinho tinto suficiente para cobrir. Deixe cozinhar em lume brando, pelo menos 2 horas. No final retire o coelho, os pedaços de cenoura e aipo e esmague ligeiramente algumas das ameixas para espessar e tornar o molho ainda mais doce. Sirva com puré de batata.

10 comentários:

  1. Olá Susana!!!

    Gostei muito da tua receita de coelho com ameixas :)

    Cá em casa costumamos comer coelho e esta receita um dia destes vai para a nossa mesa ;)

    Bjocas

    ResponderEliminar
  2. Suzana

    o teu provador abandonou a passividade e ainda bem. Gosto muito de coelho mas é carne que pouco entra cá em casa porque o meu mais-ou-menos-activo-provador diz sempre que é "muito osso e muito trabalho para pouca carne"... Será que o consigo convencer a deixar-me testar esta receita? A ver vamos!

    ResponderEliminar
  3. Eu adoro coelho, hehehe... e por vezes tambem e bom nao termos de assumir o papel principal na cozinha e sermos brindadas por uma refeicao preparada pela pessoa que geralmente e o provador. Adorei este coelho com ameixas ( e que belas ameixas).

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Gostei imenso desta receita de coelho com ameixas. Deve ficar muito agradável, kiss
    Susana

    ResponderEliminar
  5. Eu adoro coelho e uso e abuso dele na cozinha! Aqui, servido enste prato tão lindo, gosto muito! :)
    Bj

    ResponderEliminar
  6. Eu adoro coelho e este, do teu provador, está com uma pinta fantástica...

    ResponderEliminar
  7. Perfeito para mim que adoro coelho. Parabéns ao provador que fez honras de cozinheiro! beijinho

    ResponderEliminar
  8. Por mim o coelho também ficaria à porta, mas os restantes elementos da família adoram por isso lá entra... E esta receita parece-me perfeita para o deixar entrar de novo nesta cozinha. Vai ficar guardada no caderninho para assim que me derem um caseirinho o confeccionar.
    Beijinhos Carolina e Margarida

    ResponderEliminar
  9. Sou fã de coelho com vinho tinto, embora ainda não tenha provado com ameixas. Gosto muito da cabeça, é a única parte que me diz que não estou a comer gato :)

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!