5.4.13

Salteado de espinafres e tofu

Salteado de espinafres e tofu // Spinach Tofu Stir-fry

São as estações que ditam aquilo que se come cá em casa. Aceita-se o que a terra dá, quando dá e como dá, com esporádicas excepções e um ou outro devaneio. Despedimo-nos das pêras quando elas acabam, dizemos adeus às alcachofras de Jerusalém e até para o ano ao romanesco. Ansiamos pelas ervilhas e pelas favas, esperamos pelo dia em que valha a pena comer morangos e sorrimos às alcachofras que chegam. Até aqui tudo certo. O problema é quando as estações se baralham. É Primavera mas parece Outono. As sementeiras que deviam estar na rua, esperam em casa ou estão por fazer. Os casacos e as camisolas estendem o seu reinado. O tempo que faz é assunto como nunca, como sempre.

Há uma depressão colectiva aligeirada pelo sol periclitante que vai aparecendo. Para desaparecer em seguida. Procuramo-lo desenfreadamente. Dão-se alvíssaras a quem o devolva em definitivo ao céu onde pertence nesta altura do ano. Enquanto isso não acontece, resta-nos seguir junto ao fogão, de colher de pau em riste e com pratos quentes. Durante a semana não há tempo a perder. Simples, rápido, nutritivo e reconfortante. O plus é ser vegetariano. E delicioso.

Como as pequenas flores que nasceram e já partiram. Até para o ano!

crocus
Salteado de espinafres e tofu // Spinach Tofu Stir-fry

Saltear legumes na frigideira ou no wok é uma forma de cozinhar rápida e saborosa. Juntar uma fonte de nutrição adicional como o tofu, frutos secos ou sementes é sempre uma boa ideia para transformar o prato em refeição completa. Importa lembrar que o incremento de sabor que vem das especiarias ou do molho de soja, do mirin ou dos vinagres ajuda a agregar os diferentes ingredientes. E assim, com meia-dúzia de coisas se faz o almoço.


--
veja também:
Salteado de tofu, couve roxa e ervilhas tortas
Crepes de legumes salteados



Salteado de espinafres e tofu

serve 2

150 g tofu, partido em tiras finas
1 dente alho, picado finamente
1 cebola nova com rama, grande, picada grosseiramente
350-400 g espinafres frescos, só as folhas
1 colher (sopa) molho de soja
1 colher (chá) mirin (opcional)
pitada de noz-moscada e sementes de coentros, moídas
1 colher (chá) azeite com malagueta (ou uma pitada de malagueta seca)
1 colher (sopa) óleo de amendoim

Aqueça as sementes de coentros numa frigideira ou num wok. Retire, moa num almofariz e reserve. Deixe a frigideira arrefecer ligeiramente (para não saltar quando juntar os ingredientes) e adicione o óleo de amendoim e o azeite com malagueta, o tofu e as sementes de coentros moídas. Deixe fritar 2-3 minutos, até o tofu ficar dourado. Acrescente a cebola nova (a rama também) e o alho. Mexa e cozinhe 5 minutos em lume médio. Junte os espinafres. Tempere com um pouco de sal e noz-moscada. Quando os espinafres tiverem reduzido o seu volume, tempere com o molho de soja e o mirin, se usar. Deixe fervilhar um pouco.

Sirva de imediato, simples ou com arroz cozido ao vapor.

8 comentários:

  1. Tem muito bom aspecto! Mas, confesso nunca comi tofu porque tenho medo de não gostar.
    Beijinhos e bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O tofu tem pouco sabor. O "segredo" é temperar com vigor e usá-lo como veículo para os sabores que se quiser. Eu gosto bastante da textura mas não é consensual. Nada como experimentar. ;)

      Um beijo e bom fim de semana*

      Eliminar
  2. Ai como eu adoro a tua simplicidade :) Perfeito! beijos

    ResponderEliminar
  3. Por cá também se come ao sabor da estação, do que a horta dá, do mercado local, dos sabores da terra.
    Este teu prato de tofu simples e delicado, parece-me delicioso.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  4. Adoro tofu salteado... esta sugestão seduziu-me....tão bom :)
    Bjinhoos

    ResponderEliminar
  5. Eu adoro tofu e este salteado ficou com um aspecto maravilhoso!!

    ResponderEliminar
  6. Nunca experimentei tofu, não sei se gosto ou não, o que gosto é de usar produtos da estação.
    Um beijinho e boa semana

    ResponderEliminar
  7. Por aqui tambêm só como o que chega na sexta. E assim vou caminhando através das estações.

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!