6.8.13

{gluten free} Clafoutis de chocolate e cerejas

Clafoutis de chocolate e cerejas

É a despedida das cerejas. Sem lágrimas, nem tristezas sem fim. É a ordem natural das estações. Outros frutos virão e as cerejas voltam para o ano para matar saudades. Enquanto durou, foi um ano de alegrias mil e sorrisos muitos. Aos cachos e às caixas, fizemos nossas as cerejas que, tendo vindo tardiamente, cumpriram todos os suspiros e desejos de quem por elas ansiava. Companheiras de tardes longas e lanches de todos os dias, foram comidas ao natural e no inevitável clafoutis.

Porque se é Verão há clafoutis cá em casa. É a ordem natural das coisas.

cerejas

Esta é uma versão sem glúten e sem lacticínios. Mais uma tentativa de tornar a nossa alimentação mais equilibrada e um piscar de olho aos almoços de família onde a lactose não entra. Desta feita a alternativa ao leite é a bebida de arroz, agora amplamente disponível, e que é o complemento perfeito para a farinha de arroz tostado que tanto gosto.

Como as cerejas se vão embora, uma combinação que funciona muito bem em clafoutis e que já fiz com a mesma receita de base é morangos e avelãs. É só substituir as cerejas por morangos e as amêndoas por avelãs raladas. Fica muito agradável, especialmente bom servido frio.

milefólio Clafoutis de chocolate e cerejas




Clafoutis de chocolate e cerejas

serve 6-8

4 ovos médios
400 ml leite de arroz (usei Alpro Rice)
125 g açúcar amarelo
35 g amêndoa com casca, ralada
35 g farinha de arroz integral torrada (usei Próvida)
20 g amido milho (maizena)
15 g cacau (usei Valrhona)
650 g cerejas (não tiro o caroço, mas podem ser descaroçadas)
1 colher (chá) manteiga, para as formas
1 colher (chá) açúcar em pó para polvilhar

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Pincele 6-8 formas individuais de ir ao forno com manteiga. Distribua as cerejas pelas formas.

Bata os ovos com o açúcar com uma vara de arames. Junte o leite de arroz e mexa. Deite a farinha, a amêndoa e o amido de milho e bata até obter uma mistura homogénea. Cuidadosamente, divida a massa pelas formas. Leve ao forno durante 15-20 minutos ou até a massa estar dourada.

Sirva morno ou frio polvilhado com o açúcar em pó.

12 comentários:

  1. Gosto muito de clafoutis ou flaugnarde (quando se usam outras frutas que não a cereja). Um dos meus preferidos é com pêra e cardamomo :)

    Vou sem dúvida testar esta receita alternativa. E quiçá utilizando leite de cajú feito em casa :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa ideia do leite de cajú feito em casa parece-me excelente!

      Quanto ao nome, entre clafoutis e flaugnarde ou flognarde não me meto. Os franceses são os primeiros a não saber a diferença, uns dizem que é regional (nuns sítios chama-se uma coisa e noutros outra) outros acham que o clafoutis é com frutas de verão e o flognarde de inverno. Há ainda os que vão ao ponto de especificar que se a fruta tem caroço pode chamar-se clafoutis, se não é flognarde. Eu, por mim, chamo clafoutis a todos e pronto. ;)

      Eliminar
  2. Achei este clafoutis delicioso! Vou ver se ainda consigo umas cerejas para experimentar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ontem ainda vi umas, assim para o carote, no mercado. ;)

      Eliminar
  3. Clafoutis, tão bom! Cerejas, um encanto.
    Temos mesmo de as aproveitar ao máximo! Adorei as fotos.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  4. Adoro cerejas e chocolate...pronto, aqui está a sobremesa ideal para mim.
    Este ano só comi mais duzia de cerejas e já se foram
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  5. A triste despedida das cerejas fica melhor ao sabor desta receita, certamente ;) Este ano, contrariamente ao que foi propagandeado, as cerejas foram particularmente boas!
    Babette

    ResponderEliminar
  6. Que bom! Que fotografias lindas, como sempre, a fazer crescer água na boca :)

    ResponderEliminar
  7. Ah amiga, este ano comi cerejas muito saborosas. Espero sempre anciosamente pela chegada delas. E fui colher as minhas na arvore que adotei. E tem sido um tao de fazer receitas com cerejas.estou amando. mas realmente logo logo ja se irao por aqui tambem. Adorei o chocolate no clafouti.

    ResponderEliminar
  8. Pois é perfeita para mim que abandonei o glúten devido a intolerância :) Sinto-me mil vezes melhor sem ele. Obrigada por esta versão e por pensares nos celíacos e os intolerantes.
    Beijo

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!