24.9.13

Milho grelhado com manteiga de malagueta e coentros

Milho com manteiga de malagueta

Para onde foram os dias e os meses, não sei. Diz o calendário que já estamos no Outono. Opinião contrária têm os corpos que se recusam a largar as sandálias e a deixar, sem luta, as rotinas dos dias ainda longos. Trago um par de maçarocas de milho do mercado. Estão em estação quando o sol vai alto e apetece chamar almoço a uma tigela de salada. Dizem-me que este ano as frutas e os legumes estão atrasados, que os tomates continuam doces, que as curgetes e as beringelas estão em pleno e que os figos estão para ficar. Sabendo que tudo muda num ápice, estou determinada a não mudar de estação.

Outono? Ainda não.

Ainda o Verão! Milho e manteiga de malagueta e coentros

Há pratos que ficam na memória e nunca são esquecidos. Muitas vezes são simples combinações de dois ou três ingredientes ou a inusitada junção de sabores e texturas. Outras vezes é apenas a vontade de voltar aos lugares onde os minutos passaram depressa demais e onde apetece voltar o mais rapidamente possível. Não voltámos (ainda) ao De Kas e a memória daquele almoço ficou connosco, colou-se à pele e recusa-se a desaparecer. Não nos esquecemos do milho grelhado que nos foi servido como entrada.

Neste final de Verão temos aproveitado o milho fresco do mercado e embarcado nas memórias de viagens passadas.

Milho com manteiga de malagueta
Milho com manteiga de malagueta



Milho com manteiga de malagueta e coentros

serve 2

2 maçarocas de milho
1 colher (chá) coentros picados
½ malagueta pequena, sem sementes, picada finamente
2 colheres (sopa) manteiga com sal, à temperatura ambiente

Descasque e corte as maçarocas ao meio. Coza 8-10 minutos em água com sal. Escorra e reserve. Espete um palito do lado cortado.

Misture a manteiga com a malagueta e os coentros. Forme um rolo em película ou papel vegetal. Guarde no congelador.

Aqueça bem o grelhador e grelhe o milho, rodando para que todos os lados fiquem com as marcas da grelha. Sirva com uma fatia de manteiga de malagueta e coentros.

nota: se a manteiga sobrar pode usá-la em legumes cozidos ao vapor como feijão-verde, brócolos ou couve-flor.

6 comentários:

  1. Eu tornei-me à pouco tempo uma verdadeira apreciadora de milho...
    Este ano trouxemos do norte imensas maçarocas (nos grandes supermercados nem sempre aparecem).
    Essas tem um aspecto delicioso.

    Bjs
    Dora
    www.ziripiti.com

    ResponderEliminar
  2. Olá! Também já fiz uma manteiga dessas antes de ir de férias para aproveitar as ervas aromáticas antes que se estragassem. Resulta muito bem e é muito fácil de fazer. Gostei da sugestão de adicionar malaguetas, essa parte escapou-me! ;)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  3. Como te compreendo Suzana. Sendo eu uma fã do Outono, este ano ainda não me sinto preparada para deixar o Verão partir. Talvez porque está tudo atrasado. Talvez porque os tomates ainda estão realmente doces e os figos chegam cá a casa em catadupa. Embora já tenha romãs na fruteira. Ainda assim, quero que o Verão dure o tempo que tiver que durar e que o Outono, quando chegar, o faça de forma decidida, com tudo aquilo a que temos direito :)

    ResponderEliminar
  4. Olá Suzana
    Ainda não soa nem cheira a outono, pelo menos por aqui e no quintal. E eu não fico triste. Ofereço sempre alguma resistência ao fim do verão.
    Fui espreitar o teu almoço no De Kas. A tua maçaroca ainda tem melhor aspeto. Quanto ao sabor, imagino que seja ótimo.
    Um abraço
    Guida

    ResponderEliminar
  5. Oh, eu tenho tantas saudades do Outono... gosto muito desta receita. A experimentar :)

    ResponderEliminar
  6. Passo todos os dias por uma mercearia que vende milho, fico sempre na dúvida se trago ou não. Adorei a receita e as tuas imagens sempre tão serenas. beijos

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!