25.10.13

{Dia Mundial das Massas} Timballo de beringelas, anchovas e azeitonas

Timballo de beringelas e pimentos

Para relembrar a importância de uma dieta equilibrada e saudável, celebra-se como noutros anos o Dia Mundial das Massas. Os ingredientes de todos os dias, nas quantidades certas e utilizados numa alimentação variada, são o segredo de uma vida mais harmoniosa. Dizem-me que é assim e eu acredito. Confesso que gosto de massa por outras razões mais fúteis. São as cores, os sabores e as formas diferentes que me encantam. A promessa de pratos divertidos e um número sem fim de possibilidades, em que uma nova massa, outro molho ou um queijo diferente e muda tudo.

Com o céu como limite e uma mão cheia de massa, desenham-se mil caminhos onde o mais difícil é decidir qual seguir.

Macarronete de azeitonas

Quando a Milaneza me convidou a participar no Dia Mundial das Massas, lembrei-me de uma receita referida no workshop pelo chef Augusto Gemelli e que na altura me deixou muito curiosa. Decidi fazer um timballo.

Em italiano, timballo quer dizer “tambor”. A forma é idêntica e as receitas, características do sul de Itália apresentam diferentes possibilidades. Desde a massa de tarte coberta a envolver a massa até à utilização de massa filo, passando pela beringela grelhada, as versões são quase intermináveis. Embora mais difícil de desenformar, ao forrar uma tigela ou forma com beringela consegue-se um prato visualmente diferente e mais um vegetal na combinação.

A minha versão é servida em doses individuais mas este prato é tradicionalmente feito em formas grandes e cortado à fatia, muitas vezes para celebrações familiares. A receita pode facilmente ser triplicada.

Timballo de beringelas e pimentos Timballo de beringelas e pimentos



Timballo de beringelas, anchovas e azeitonas

serve 2, como refeição

150 g Macarronete de azeitonas
2-3 beringelas pequenas, em fatias longitudinais finas
1 cebola pequena, picada finamente
1 dente de alho, picadinho
1 colher (chá) manjericão seco
1 colher (chá) raspa de limão
1 colher (chá) orégãos secos
1 colher (sopa) azeite + 1 colher (chá) para as beringelas
2-3 filetes de anchova
2 tomates grandes maduros, picados (recolha o sumo)
1 colher (chá) açúcar
2 colheres (sopa) vinagre de vinho tinto
2 colheres (sopa) tapenade*
1 bola mozzarella de búfalo
sal e pimenta preta moída na altura
cebolinho picado, para servir (opcional)
rúcula, para servir

Coloque as fatias de beringela num passador e polvilhe com sal. Reserve 30 minutos, até a beringela perder água.

Aqueça um grelhador. Sacuda a beringela para retirar todo o sal visível. Disponha as fatias de beringela pinceladas com azeite e grelhe 3-4 minutos de cada lado.

Faça o molho de tomate e anchovas. Aqueça uma colher de sopa de azeite, a cebola picada e um dente de alho numa frigideira larga e junte as anchovas. Mexa até a cebola ficar translúcida (sem queimar). Adicione o tomate e o sumo que reservou quando picou o tomate. Deixe reduzir um pouco, acrescente o açúcar, os orégãos, a raspa de limão e tempere com sal e pimenta. Junte o vinagre e deixe ferver 2-3 minutos.

Pré-aqueça o forno a 200ºC.

Coza a massa em bastante água com sal até ficar levemente cozinhada mas bastante al dente, cerca de 5 minutos (ou siga as instruções do pacote relativamente aos tempos de cozedura, sem esquecer que a massa ainda vai ao forno).

Pincele duas tigelas grandes de forno com azeite. Forre com as fatias de beringela, sem sobrepor. Deite uma colher de tapenade em cada tigela e barre as fatias. Acrescente um quarto do queijo (em pedaços) no fundo de cada tigela. Escorra a massa e misture com o molho de tomate e anchovas. Divida pelas duas tigelas e, com um colher, pressione ligeiramente. Disponha o restante queijo sobre a massa e tape com mais beringela. Leve ao forno 5 minutos para derreter o queijo. Retire do forno e com cuidado desenforme no prato de servir.

Sirva com umas folhas de rúcula e cebolinho picado (opcional).

* Para fazer tapenade, pique numa picadora 100 g azeitonas sem caroço, 1 colher (sopa) alcaparras, 1 filete de anchova, 1 dente de alho pequeno, picado finamente, 1 colher (chá) sumo de limão e 45 ml azeite. Guarde no frigorífico e sirva com tostas.

--
veja também:
Penne com azeitonas, almôndegas e hortelã
Massada de lulas e marisco

4 comentários:

  1. Tem um aspecto delicioso Susana, uma óptima sugestão. Também adorei participar neste desafio da Milaneza para comemorar este dia


    beijinhos e bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  2. Deve ficar bem bom, e fica com um ar giríssimo! Não conhecia esta forma de cozinhar e apresentar a massa.

    ResponderEliminar
  3. Adorei este timballo. Já sou uma fã incondicional deste macarronete de azeitona, mas agora estou mortinha por experimentar esta tua receita :)

    ResponderEliminar
  4. Adorei, cheira mesmo a comidinha boa e de conforto!
    Amo pastas. Um beijinho.

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!