2.4.14

Bolo de café, cenoura e laranja

Bolo de laranja e amêndoa

Existe uma magia no café que está para além do que às palavras ou às imagens é permitido traduzir. Talvez o aroma possa contribuir para explicar o magnetismo, a necessidade incontornável e a viciante procura que se instala no espírito dos que não vivem sem ele. Por mim, sou mais feliz com uma chávena na mão e a promessa certa de um sorriso assim acabe o meu café da manhã ou da tarde. É um gesto natural. Já incluir o café na cozinha como ingrediente é um desafio maior. Como combinar com outros sabores, que técnicas utilizar, que café escolher. Perguntas cujas respostas não são evidentes.

Entre os mundos do café e do vinho há um sem número de paralelos possíveis. A proveniência, as características e o perfil pensado para um vinho são componentes de um percurso de criação que no café também se encontra. Da garrafa à panela, o vinho usado deve respeitar um único princípio: nunca cozinhar com vinho que não seja bom para beber. Aliás, sempre que possível o vinho a servir à refeição deve ser o escolhido para a confecção do prato. Ao cozinhar com café aplica-se o mesmo raciocínio.

Ou pelo menos foi o que resolvi fazer quando me apeteceu um bolo de café para acompanhar uma chávena de café colombiano 100% arábica. Para aplicar a ideia uma combinação com o que havia. Cenoura e laranja com amêndoas e um shot de café forte com aromas de caramelo vindos da América do Sul. Este é um bolo húmido, com um textura quase a lembrar um pudim. Deve ser consumido num prazo de 2 a 3 dias. O que não deve ser um problema.

laranjeiras Bolo de laranja e amêndoa



Bolo de café, cenoura e laranja

serve 8-10

4 ovos, separados
175 g açúcar amarelo
450 g cenoura ralada (cerca de 5 cenouras)
85 g farinha, peneirada
85 g amêndoa ralada
1 colher (chá) fermento em pó
raspa de uma laranja
60 ml café forte (usei Santander da Nespresso)
100 ml óleo vegetal
pitada de sal
açúcar em pó, para servir

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Prepare uma forma (redonda 22-24 cm, preferencialmente como fundo amovível), pincelada com manteiga, o fundo forrado com papel vegetal e polvilhada com farinha.

Bata as gemas com o açúcar, até obter uma mistura clara (5-7 minutos com a batedeira eléctrica). Adicione a raspa da laranja, a cenoura e o café e bata. Acrescente o óleo e a amêndoa ralada. Bata as claras em castelo com uma pitada de sal. Envolva cuidadosamente na massa. Junte a farinha e o fermento e envolva, sem bater. Deite na forma preparada. Leve ao forno 25 minutos ou até estar cozido. Sirva morno ou frio, polvilhado com açúcar em pó e com uma colherada de iogurte grego.

--
veja também:
Bolo de cenoura e avelãs
Bavaroise de café com molho de chocolate branco
Bolo de laranja e sementes de papoila

8 comentários:

  1. Fico aqui a imaginar o sabor desse bolo... mal posso esperar para provar.

    ResponderEliminar
  2. Mas a magia maior existe numa fatia deste bolo, tenho a certeza!
    Nham, nham, deve ser tão bom. :)
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  3. Esse bolo só pode ser magnífico e com essa combinação de sabores, imagino-o perfumado e delicioso. Adoro café em bolos e encomendei e experimentei as duas variedades do café colombiano da N. e adorei!
    Uma receita a reter com certeza...
    Beijinhos,
    Lia.

    ResponderEliminar
  4. Estou curiosa com a combinação do café à cenoura e à laranja. Tenho mesmo que experimentar :)

    ResponderEliminar
  5. Geralmente os bolos cá em casa não duram 2 a 3 horas, quanto mais 2 a 3 dias ehehehhe!!!! Gostei muito :) Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Um combinação de ingredientes interessante e que parecem ficar bem juntos! Tal como a Ondina fiquei curiosa com esta junção de sabores!
    Uma receita a experimentar!

    ResponderEliminar
  7. o café é por si só um ingrediente extraordinário,
    e esta tua combinação é muito arrojada mas boa ;))

    ResponderEliminar
  8. Infelizmente não bebo café, dou-me mal com a cafeína no entanto adoro o aroma e tudo o que tem sabor a café. Imagino que a junção entre o café e a laranja tenha ficado fantástica, um beijo

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!