20.11.14

Sopa de raiz de aipo e cogumelos

Sopa de aipo e cogumelos

Com os que afirmam, alto e bom som, que não gostam de sopa só me resta discordar. Aos outros, os que torcem o nariz à visão de uma sopa reduzida a puré, devo ressalvar a riqueza do sabor em relação à textura. Finalmente, àqueles que como eu se perdem por uma tigela fumegante de sopa, tenha a cor e a forma que tiver, deixo o convite. É preciso experimentar legumes e combinações diferentes, arriscar a mudança.

O Outono traz consigo as raízes. Pastinacas, batata-doce, alcachofras de Jerusalém, raiz de aipo. Enrugadas e feias, pouco prometem à primeira vista. A emoção de as reencontrar de novo nas bancas do mercado é alimentada pelas memórias e a antevisão do que podem vir a ser. A mais feia das raízes de aipo termina na sopa maravilha que abrilhanta a mesa, feita refeição pela adição de cogumelos marron salteados.

cogumelos Sopa de aipo e cogumelos



Sopa de raiz de aipo e cogumelos

serve 6, como refeição

1 raiz de aipo grande, em cubos
1 alho francês grande, fatiado
1 chuchu, em cubos (ou 1 batata)
2 dentes alho, picados
1 cebola grande, picada
3 colheres (sopa) azeite
sal e pimenta preta moída na altura
900 ml caldo de vegetais
azeite extra virgem, para servir (opcional)

para os cogumelos:
200g de cogumelos marron frescos, fatiados
2 colheres (sopa) azeite
1 cebola roxa, em meias-luas finas
50 ml vinho branco
salsa picada, para servir

Numa panela, aqueça o azeite com a cebola, o alho francês e o alho e deixe cozinhar 2 minutos. Junte os cubos de aipo e de chuchu. Acrescente o caldo e cozinhe 10-15 minutos. Reduza a puré. Rectifique o tempero e eventualmente acrescente mais caldo se a sopa estiver demasiado grossa.

Para os cogumelos, aqueça o azeite numa frigideira grande. Junte a cebola e uns borrifos de água. Cozinhe 2-3 minutos, sem queimar. Adicione os cogumelos fatiados e mexa por 2-3 minutos e tempere com sal e pimenta. Deixe cozinhar 2 minutos. Regue com o vinho branco e deixe evaporar.

Deite a sopa em tigelas. Coloque uma colherada de cogumelos em cada uma e polvilhe com salsa picada. Finalize com um fio de azeite extra virgem (se usar) e sirva com pão torrado.

9 comentários:

  1. Adoro aipo, e a raiz é tão saborosa! Tenho pena de não encontrar com a frequência que gostaria, mas enfim :(

    ResponderEliminar
  2. Oh, senti o mesmo quando comprei na semana passada.
    Fiz uma sopa muito parecida, eheheh, mas sem os cogumelos e com batata doce.
    Eu sou da tua cepa, sopa, sempre, de tudo e mais alguma coisa, passada ou entulhada, é o meu porto seguro para uma refeição reconfortante.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  3. Adoro! Gosto imenso de aipo, em todas as suas formas, e o conjunto com os cogumelos deve ficar um espanto.

    ResponderEliminar
  4. Nossa Suzana, amei como vc preparou os cogumelos.

    ResponderEliminar
  5. É bom ver as coisas da época, o aipo é delicioso.
    Ainda não provei as alcachofras de Jerusalém, mas adoro conhecer ingredientes novos. Sopinha boa e quente!
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  6. Eu pertenço aos terceiros, os que se perdem por uma tigela fumegante de sopa. Adoro sopa, como praticamente todos os dias e não me canso de experimentar novos sabores.
    Esta que nos mostras tem muito bom aspecto, fiquei com vontade de experimentar, até porque sou apreciador de cogumelos. ;)
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  7. Respostas
    1. Fico contente, Mónica! Obrigada pelo feedback :)

      Eliminar

Obrigada pelo seu comentário!