23.12.15

{Ástarpungar} Da Islândia, com amor e sonhos de passas para o Natal

Sonhos da Islândia (Ástarpungar)

Vista de Portugal, a Islândia é um país longínquo e misterioso que guarda o segredo do nosso bacalhau. Nas suas águas vive o fiel amigo, ingrediente essencial na gastronomia portuguesa e imprescindível na mesa do Natal. Das curiosidades da cozinha islandesa faz parte a pouca atenção dada a este peixe, que apenas uma vez ou outra aparece fresco no prato. Mas sobre a pesca sustentável, a indústria do bacalhau e a bonita Reiquiavique partilho em breve a minha aventura por terras do Ártico. Hoje, com o Natal à porta, é altura de pensar nos doces da quadra. Bonitos no nome e deliciosos na boca, chega o tempo dos sonhos!

De volta a casa depois de uns dias a viajar pela Islândia, a inspiração vem de uma receita tradicional daquele país. Ástarpungar significa "bolas de amor", cuja forma redonda dá nome a fritos semelhantes aos nossos sonhos, com passas no interior e uma leve camada de açúcar. Estes doces podem ser encontrados nas casas islandesas durante todo o ano e são uma boa ideia para a ceia do Natal.

Islândia Sonhos da Islândia (Ástarpungar) Islândia

As paisagens áridas e cobertas de gelo fazem da Islândia um lugar muito especial. Quando a meteorologia é clemente as temperaturas mantêm-se em valores acima dos 0ºC, pelo que se compreende que os ingredientes locais no Inverno sejam escassos e que durante o resto do ano estejam disponíveis apenas alguns tipos de cereais (como a cevada) e de frutos (como as bagas). Já nas proteínas, é o marisco, o peixe e o borrego islandês que ocupam o lugar central na dieta local. Razão para que a cozinha islandesa se caracterize pelo uso inteligente do que a terra e o oceano dão e diversas formas de preservar o peixe (muitas vezes seco), a carne (frequentemente fumada) e até o leite (transformado em iogurte ou queijo).

Um lacticínio muito interessante é o skyr que conheci pela mão da Eirný, na sua loja de queijos Burid Trata-se de facto de um queijo com a consistência de iogurte que pelo seu sabor ácido combina perfeitamente com os meus sonhos*. Fica a recomendação que estas pequenas bolas sejam do tamanho de ameixas, pois assim fritam melhor, sem queimar as passas. Aqui ficam, os nossos sonhos de Natal deste ano. Da Islândia, com amor!

Festas felizes e um Natal cheio de açúcar!

Islândia Sonhos da Islândia (Ástarpungar) Islândia



Ástarpungar (sonhos com passas)
Adaptado de Cool Cuisine (Traditional Icelandic Cuisine) de Nanna Rognvaldardottir

para 25-30 sonhos (dependendo do tamanho)

200 ml leite gordo
2 ovos
85 g açúcar granulado
1/4 colher (chá) sal
1/2 colher (chá) cardamomo (moído na altura)
3 colheres (chá) fermento em pó
400 g farinha
75 g passas
Óleo vegetal, suficiente para encher cerca de 5cm do tacho utilizado

açúcar granulado e canela, para polvilhar (opcional)

Numa tigela grande, bata os ovos com o açúcar. Peneire a farinha, junte o fermento em pó e o cardamomo. Vá mexendo, incorporando parte da farinha na mistura dos ovos, alternando com um pouco de leite de cada vez. Quando tiver incorporado toda a farinha e a totoalidade do leite deve obter uma massa homogénea. Adicione as passas e mexa.

Encha um tacho com o óleo até atingir cerca de 5cm. Aqueça o óleo e quando este estiver quente, frite os sonhos (5 ou 6 de cada vez, dependendo do tamanho do tacho), 1 minuto de cada lado (use duas colheres de sobremesa). Transfira para um prato com papel de cozinha para retirar o excesso de óleo e arrefecer ligeiramente. Passe os sonhos por uma mistura de açúcar granulado e canela (opcional). Sirva no dia em que são feitos com skyr*.

* Não sendo o mesmo, o skyr pode ser substituído por crème fraiche.

4 comentários:

  1. É a minha viagem de sonho. Há muitos, muitos anos que quero muito conhecer a Islândia. Acalento essa viagem com expectativa e espero, um dia, conseguir lá ir. Bolas de amor nunca se recusam :)
    Beijos

    ResponderEliminar
  2. Que bom. Sonhos são sem dúvida a receita perfeita para esta viagem. Uma viagem de sonho!

    ResponderEliminar
  3. Que nunca nos faltem os sonhos e o amor!
    Essa viagem :) de sonho mesmo, fico muito feliz.
    Desejo-te um bom ano Suzana, que possas viver e saborear muitas aventuras minha querida.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!