15.1.16

Mousses de camarão e salicórnia para um livro

Mousses de camarão e salicórnia

A nossa mesa é feita de hábitos antigos, de ingredientes conhecidos e de receitas que nos transportam para memórias felizes. E depois há um dia em que desafiamos os sentidos, experimentamos novos sabores, integramos ingredientes desconhecidos até então. A salicórnia é uma dessas descobertas recentes, uma viagem garantida ao mar da nossa infância e uma textura diferente para umas mousses salgadas onde o camarão da costa lhe faz boa companhia.

São palavras escritas na introdução à receita que marca a minha participação na exaustiva recolha do receituário da região da Figueira da Foz, uma edição da Divisão de Cultura da Câmara Municipal. O que fica das férias do Verão, o caminhar pelo areal, os pratos que me apetecem nesses dias com sol a perder de vista e tempo livre sem fim foram inspiração para uma abordagem contemporânea dos produtos locais.

Figueira da Foz, Portugal Mousses de camarão e salicórnia

Associo sempre a Figueira a momentos repletos de alegria, seja em projectos pessoais ou desafios com comida pelo meio. Chamada a descrever a relação com a salicórnia percebi enfim a minha predilecção por sabores ligados ao mar, ao ambiente salgado, aos produtos esquecidos e aos aromas marítimos com que não me tinha ainda cruzado.

Também chamada de sal verde, a salicórnia é um ingrediente que tardamos em descobrir. Ainda pouco utilizada na nossa cozinha, é excelente em saladas, cozinhada ou utilizada como condimento em substituição do sal. Aqui deixo uma sugestão elegante mas muito fácil onde o camarão se faz mousse, em tacinhas individuais que prometem impressionar. Pode ser trocado por peixe branco para um sabor menos intenso, com a salicórnia a ocupar um lugar ainda mais de destaque.

Mousses de camarão e salicórnia



Mousses de camarão e salicórnia

serve 6, como entrada

1 alho francés pequeno (só a parte branca), fatiado finamente
1 dente de alho, picado finamente
1 colher (sopa) manteiga
1 colher (sopa) malagueta, picada (com ou sem sementes)
2 ovos
200 ml natas
150 ml leite
2-3 colheres (sopa) salicórnia, picada (ou mais a gosto)
12-18 camarões (dependendo do tamanho), crús e descascados, partidos ao meio
sal e pimenta preta moída na altura

Numa frigideira derreta a manteiga, junte o alho francês e o algo picado e deixe cozinhar em lume médio 2-3 minutos. Adicione a malagueta, mexa e reserve.

Pré-aqueça o forno a 150ºC. Coloque 6 taças de forno com cerca de 100-150 ml de capacidade num tabuleiro. Bata os ovos ligeiramente com as natas e o leite e tempere com sal e pimenta preta. Misture o alho francês arrefecido e a salicórnia picada. Distribua 2-3 camarões por cada taça de forno e divida a mistura de ovo e alho francês de forma a ficar a mesma quantidade em cada um. Encha o tabuleiro com água a ferver até cerca de meio das taças. Leve ao forno 20-25 minutos ou até as mousses estarem cozidas. Sirva mornas.


1 comentário:

  1. Tão bom, fazer parte deste projecto ao lado de bloggers que tanto admiro. E sobre a minha cidade linda, a sua gastronomia e histórias à beira mar.
    Adoro salicórnia, é tão bom usar produtos nossos e ter esse sabor a mar. A tua mousse será feita!
    Um beijinho.

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!