16.3.16

Strudel de perâ, amêndoa e mirtilos

Strudel de pêra e mirtilos

Para lá da vontade de seguir caminho, deixar para trás o Inverno e embarcar na nova estação, fica o desejo que a chuva se vá e consigo leve o vento e as temperaturas baixas do início e final dos dias. Enquanto tal não acontece continuamos presos a rituais próprios do tempo frio, pontuados por abundantes chávenas fumegantes de chá ou café, como manual básico de sobrevivência. Não há florzinhas a despontar, morangos a aparecer no mercado ou espargos, favas e ervilhas a chegar que me convençam que a Primavera está aí.

E também não adianta apontar no calendário o dia 21. Quando eu não precisar de cachecol e o sol deixar de ser de pouca dura, falamos novamente. Até lá, forno ligado e ainda o reinado de frutos como as pêras e as maçãs, camadas finas de massa estaladiça e um strudel quentinho para o lanche.

Pêras Strudel de pêra e mirtilos

Parte da tradição do Império Austro-Hungáro, o strudel prevalece nas cozinhas do centro da Europa e revalida uma combinação irresistível: um recheio de fruta a desfazer-se na boca e o crocante da massa fina em camadas que o envolve. Mantendo esta premissa, as possibilidades de sabores conjugados entre si são infinitas e servem qualquer desejo de conforto em forma de sobremesa.

A sugestão de hoje faz uso das últimas pêras da estação e recorre aos mirtilos que ainda existem no congelador. A amêndoa serve de base para os sucos da fruta e "cola" o recheio, preparando-o para ser usado. Do medo que a massa se quebre, se rasgue ou não aguente ficam apenas resquícios, esquecidos pela promessa de panaceia para todos os males do Inverno assim o strudel saia do forno. Preparem o chá ou café, esta não é sobremesa para guardar. A não ser no estômago, claro.

Strudel de pêra e mirtilos Primavera



Strudel de perâ, amêndoa e mirtilos

serve 6-8

2 folhas massa philo 30x40 (cerca de 75 g)
50 g manteiga sem sal
3-4 pêras médias (cerca de 600 g), descascadas e cortadas em cubos
75 g mirtilos (se usar congelados, descongele previamente)
50 g amêndoa ralada
1 limão pequeno, sumo e raspa
75 g açúcar amarelo
2 colheres (sopa) água
2 colheres (sopa) amêndoa laminada
açúcar em pó, para servir

Misture a raspa do limão com o açúcar e reserve. Leve um tacho com as pêras, o sumo de limão, a água, uma colher de sopa de manteiga e a mistura do açúcar ao lume. Coza até as pêras estarem macias (8 minutos) mas sem ficarem em puré. Junte os mirtilos e retire do lume. Acrescente a amêndoa ralada e envolva. Reserve até arrefecer completamente. O recheio deve ficar seco (sem qualquer líquido).

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Prepare um tabuleiro com papel vegetal ou um tapete de silicone. Derreta a manteiga que resta.

Estenda uma folha de massa philo e pincele com manteiga. Coloque a outra folha por cima e repita a operação. Disponha o recheio no sentido do comprimento, deixando 2 dedos de cada lado e em baixo. Dobre a massa do lado direito e do lado esquerdo sobre o recheio e pincele o rebordo com manteiga. Dobre em baixo e faça a mesma operação. Cuidadosamente, role o strudel de baixo para cima e vá pincelando com manteiga à medida que vai enrolando. Procure que fique fechado para não verter. Pincele novamente, polvilhe com a amêndoa laminada e leve ao forno 15-20 minutos ou até ficar dourada.

Sirva morno, polvilhado com açúcar em pó, simples ou com gelado.

4 comentários:

  1. Tb estou farta de frio e chuva e essa fatia ajudava muitooooooo, bjs

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. A vontade é mais do que muita para que a primavera chegue em força, não é?
    Este teu strudel está qualquer coisa de maravilhoso. Não resisto nunca a receitas com pêra ou maçã é verdade, mas a adição dos mirtilos e amêndoas é algo que me deixa a salivar ainda mais.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Crocante ligeiro, recheio delicioso! Esta não me escapa! :D

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!