7.11.16

{Atelier Nespresso} Como provar cafés especiais, do copo ao prato

Atelier Nespresso

O dia começa sempre com ele e nenhuma refeição parece terminada sem café. E contudo, pouca atenção prestamos ao que nos é servido na chávena, que esvaziamos em poucos segundos sem pensar. A cor do creme, o aroma, as notas de amargor ou acidez, o corpo ou a intensidade do café raramente fazem parte da rotina que nos acompanha no quotidiano ou mesmo de experiências gastronómicas mais especiais. Para esses momentos, a Nespresso criou dois Grands Crus raros, uma Exclusive Selection destinada aos restaurantes com estrelas Michelin: o Kilimanjaro Peaberry (proveniente da Tanzânia) e o Nepal Lamjung.

O primeiro segredo de um café perfeito são os produtores. Só uma matéria-prima de qualidade pode potenciar os processos seguintes, da torrefacção ao serviço, desde que as cerejas de café deixam o caféeiro até que chegam à chávena. Ou ao copo. A apresentação destes dois novos cafés, servidos em copos da Riedel com o formato certo para optimizar a prova, é feita com o auxílio de um tasting card (onde se assinala a apreciação visual e dos aromas e sabor presentes) e com a roda dos aromas do café a ajudar. Determina-se a intensidade, o corpo e a cremosidade do café. Finalizada a prova, cabe ao embaixador desta Nespresso Exclusive Selection, o chef Ricardo Costa fazer a harmonização dos cafés com os pratos e trazer para a mesa as características únicas destes dois Grands Crus.

Atelier Nespresso Cafés
Atelier Nespresso Atelier Nespresso Atelier Nespresso

Snacks - Vitello tonnato versão 2015; Salada de Frango "Churrasco"; Camarão do Algarve Marinado. Harmonização com Grand Cru Exclusive Selection Nepal Lamjung



Quase como num restaurante pop-up, com a cozinha aberta sobre a sala, o chef Ricardo Costa traz muitos dos sabores do The Yeatman a este primeiro Atelier Nespresso. As propostas de pairing criam surpresa por considerar o café como par para pratos onde o desafio é encontrar sabores que complementem as notas mais frutadas do Kilimanjaro Peaberry ou a complexidade da torrefação do Nepal Lamjung, o escolhido para harmonizar com os snacks.

E são os aromas torrados que acompanham também o carabineiro, preparado na cozinha aberta e com direito a maçarico. O fogo como elemento de ligação para ingredientes em harmonia, num prato muito bonito à semelhança de todos os que se seguiram. Do salmonete à vitela de leite, é a sobremesa que faz do café o centro das atenções com as diferentes texturas a comporem um prato onde impera a elegância e delicadeza do Kilimanjaro Peaberry. A provar que o café pode entrar no prato de muitas formas possíveis.

Atelier Nespresso Atelier Nespresso Atelier Nespresso

Carabineiro / Cenouras / Gengibre. Harmonização com Grand Cru Exclusive Selection Nepal Lamjung

Atelier Nespresso Atelier Nespresso

Salmonete - Terrina de Cozido / Talharim de choco / Caldo Dashi
Vitela de leite - Lombinho / Presunto / Molho de feijoada / Bola de Morcela


Atelier Nespresso Atelier Nespresso

Creme de café Exclusive Selection Kilimanjaro Peaberry, Toffee e Gelado de caramelo
Mignardises


1 comentário:

  1. Adoro café.
    Ia adorar ter estado nesse atelier.

    Beijinhos,
    Clarinha
    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2016/11/segundas-sem-carne-e-uma-ovos-mexidos.html

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!