26.4.17

Menu cervejeiro no Bairro do Avillez

Bairro do Avillez, menu cervejeiro

A cerveja que combinamos beber ao final do dia torna-se pretexto para um jantar em que os pratos chegam à mesa para acompanhar o que bebemos. De pé alto e curvas definidas, a cor e o aroma das cervejas vão mudando no copo à medida que dos aperitivos passamos à entrada, ao prato principal e à sobremesa. Da conversa prometida ao lugar bonito a descobrir, são as cervejas que ganham a nossa atenção entre mil sabores e outras tantas gargalhadas, sempre sob o olhar atento do chef. No Bairro do Avillez a comida é sempre um assunto sério, por mais que a primazia da noite pertença às cervejas Super Bock Selecção 1927 é preciso que tudo combine para uma refeição memorável.

Na harmonização entre comida e bebida o segredo é potenciar o todo a partir das características de ambas. A parceria entre as cervejas especiais da Super Bock e os pratos da Taberna do Bairro do Avillez é razão mais do que suficiente para querer provar todas as combinações possíveis. À chegada são os croquetes de novilho com mostarda e pickles, o curioso "ceviche" de tremoço e o Queijo da Ilha S. Jorge com quatro meses de cura que se juntam à formosa Czech Golden Lager para dar as boas-vindas.

Bairro do Avillez, menu cervejeiro

Nas mesas de tampo de madeira, postas a preceito, espera a bifana de atum com legumes avinagrados que será servida com a misteriosa Super Bock Selecção 1927 Bavaria Weiss. Sentamo-nos ainda a luz do final do dia entra pelo Bairro a dentro e a cada dentada toda uma estória vai sendo contada pela cerveja que se diz suave e refrescante. Não sendo a minha preferida da noite, confesso um fraquinho por estas cervejas turvas e de cor clara em que o malte de trigo dá cartas. Entretanto na cozinha aberta já se preparam os lagartos de porco preto e um aroma de lima acabada de ralar entra na salas. As batatas fritas estaladiças e a carne tenra acabada de grelhar combinam na perfeição com a minha predilecta. A Super Bock Selecção 1927 Bengal Amber IPA remete para o clima indiano, com a sua gastromonia cheia de cor e mil especiarias e ganha o meu coração ao primeiro gole.

Com a refeição a aproximar-se do fim há ainda tempo (e se não houver, arranje-se) para o bolo de chocolate do Bairro, que vem com a Super Bock Selecção 1927 Munich Dunkel. O torrado em forma de caramelo e chocolate em duas notas só para uma cerveja escura e profunda onde se encontra sempre mais uma camada de sabor. Para terminar o Menu cervejeiro, um casamento intenso de sabores para levar na memória. Dos desafios de encontrar a cerveja certa para o prato e vice-versa sabem bem o chef José Avillez, a beer sommelière da Unicer Marta Fraga e Rodolfo Tristão, o escanção do Bairro do Avillez. O resultado do seu trabalho em conjunto é uma experiência muito interessante onde o que importa é apreciar a cada momento o diálogo que se estabelece entre o líquido precioso que enche o copo e as iguarias que vêm para a mesa.

Bairro do Avillez, menu cervejeiro Bairro do Avillez, menu cervejeiro Bairro do Avillez, menu cervejeiro Bairro do Avillez, menu cervejeiro

O Menu Cervejeiro elaborado por José Avillez para as cervejas Super Bock Selecção 1927 pode ser apreciado até dia 12 de Maio na Taberna, no Bairro do Avillez, em Lisboa.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo seu comentário!