29.12.17

2017 foi assim

2017 foi assim

We laugh, we weep, we hope, we fear,
And that’s the burden of the year.


ELLA WHEELER WILCOX, “THE YEAR” (1910)

Rimos, choramos, esperamos o melhor, tememos que os nossos medos nos impeçam de viver plenamente. Montanha russa de emoções, lágrimas e gargalhadas, gratidão e desespero: 2017 deu-nos tudo. Como todos os anos, fomos imensamente felizes e ficámos mais tristes que nunca. Comemos o mundo e voltámos a apaixonar-nos pelo nosso bairro. Descobrimos que há vida no melhor que se faz por cá, no vinho e na cerveja, na paixão pela terra e pelas tradições. Reiterámos a esperança no discurso de pessoas inspiradoras e ideias fora da caixa, repetimos a plenos pulmões que Lisboa é linda e viajar no prato é uma felicidade. Acabámos a tomar um café e um cálice de vinho do Porto e a brindar ao futuro. Podes vir, Ano Novo! Cá estaremos à tua espera, sentados à mesa, rodeados de amigos e com fome (e sede) de viver.

Feliz 2018!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo seu comentário!