28.12.18

2018 foi assim

2018 foi assim

As palavras do ano passado pertencem à linguagem do ano passado e as palavras do ano que vem aguardam outra voz. E fazer um fim é fazer um começo.

Diz o escritor T. S. Elliot e eu subscrevo. Despeço-me de 2018 com a certeza de ter aprendido algo novo, ter testado alguns limites (nem todos positivos) e ter espalhado sorrisos com a convicção de quem vive para isso. Entre pratos de sopa, tostas à pressa, saladas de Verão e de Inverno, houve gelado e tarte, almoços para 2 e tachos para 6. Na cozinha como na vida, do doce ao salgado, fez-se o melhor com o que os dias foram trazendo. Para o ano novo, tanta vontade de aprender, igual desejo de explorar e o mesmo amor pela mesa.

Feliz 2019!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo seu comentário!