5.3.10

As melhores coisas da vida ou uma ode ao pão e aos limões

Lemon Brioche Loaf

♫♫The way your smile just beams
The way you sing off key
The way you haunt my dreams
No they can't take that away from me
♫♫

Há um dia de chuva como hoje em que me sento a pensar nas pequenas alegrias: uma chávena de chá fumegante, uma manta sobre os joelhos, Ella Fitzgerald e Louis Armstrong a passar na rádio e a adoração descansada de um felino. Falta-me um mini-brioche com compota e manteiga ou uma fatia com iogurte e pêra em calda de gengibre... Restam-me as memórias e essas ninguém mas tira! Não existem muitas coisas mais reconfortantes do que o aroma do pão a cozer ou o som da crosta estaladiça a quebrar e o vapor a libertar-se do interior do miolo... Talvez a imagem de um cesto cheio de limões e a promessa de sol sejam capazes de ombrear com essa sensação. É o tempo dos citrinos, com as árvores carregadas dos mais lustrosos limões - no meu livro o melhor dos ácidos. Voilà le meilleur des deux mondes réuni!

Lemon Brioche

Brioche de limão
Adaptado de Sue Lawrence, On Baking

12 individuais ou um pão de forma grande

3 ovos
170g manteiga sem sal, à temperatura ambiente
85-100ml leite morno
2 colheres sopa açucar
1 colher chá sal fino
450g farinha (uso tipo 55)
2 colheres chá fermento seco
raspa de 1 limão grande
gema ovo para pincelar

[Podem adicionar-se passas ou sultanas e/ou frutos secos. Nesse caso vá amassando cerca de uma chávena de um destes ingredientes, ou uma mistura, depois da manteiga]

Os ingredientes devem estar à temperatura ambiente, à excepção do leite, na altura de serem trabalhados. Misture o fermento com o leite e deixe borbulhar durante uns minutos (ou siga as intruções do pacote). Numa tigela grande, junte a farinha, a raspa do limão, o açucar e o sal e abra uma cova ao centro. Adicione o leite com o fermento, os ovos batidos ligeiramente e misture com a farinha até combinar todos os ingredientes. Corte a manteiga com uma faca em pequenos pedaços e vá incorporando na massa (se necessário acrescente uma colher de sopa de água morna). Amasse 2-3 minutos, até a massa estar elástica e homogénea e forme uma bola. Coloque a massa numa tigela untada com manteiga, cubra com um pano (ou película) e deixe levedar num local quente e seco por 2 horas ou até ter duplicado de volume.

Prepare as formas (untando com manteiga e polvilhando-as com farinha ou usar de silicone) e divida a massa em 12 partes iguais. A cada porção retire 1/4 e reserve. Forme uma bola com a porção maior, coloque na forma e com a ponta do dedo crie uma pequena concavidade onde se dispõe a bolinha mais pequena. Cubra com um pano. Deixe levedar por mais 30 minutos a 1 hora ou até cada brioche ter novamente quase duplicado de tamanho. (Veja aqui como formar os brioches)

Pré-aqueça o forno a 180º. Pincele cada brioche com a gema de ovo diluída numa colher de café de água. Leve a cozer durante 15-20 minutos ou até estarem dourados (se for só um pão grande demora cerca de 30 minutos). Retire das formas e deixe arrefecer sobre uma grelha.

Nota: esta receita pode ser feita na máquina do pão. Nesse caso, colocar primeiro os ingredientes líquidos à temperatura ambiente - ovos batidos, manteiga amolecida - depois o açucar, o sal e a farinha, por último o fermento, que não deve entrar em contacto com os líquidos antes do início do programa. Deve utilizar-se o programa "massa" e depois do primeiro levedar continuar com a receita da mesma forma.

[Acompanhe com a música perfeita e uma dose de sorrisos. Vá cantarolando à medida que sonha.]

11 comentários:

  1. Olá!
    já experimentei uma vez fazer brioches, mas não me sái muito bem... vou por esta receita na minha "to do list"... têm um aspecto divinal, apetece comer!

    ResponderEliminar
  2. Nunca experimentei fazer brioches e estes ficaram com muito bom aspecto... ainda por cima levam limão, que eu adoro :) a experimentar, sem dúvida! beijinhos e bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  3. nunxa fiz brioches e este apesar do trabalho que dao estao lindos e deviam ir agora muito bem
    bom fim de semana
    beijocas

    ResponderEliminar
  4. que delícia de texto e que maravilha de pãozinho!
    que as lembranças e as emoções sempre estejam aí, naquela parte que é sua e de mais quem você queira presentear! =)

    ResponderEliminar
  5. minha querida, q bom aspecto!
    queria perguntar-te o q é golden syrup, q vi na receita do toffee dos macarrons... Maple Syrup? caramelo?
    beijos ao provador tb
    *S

    ResponderEliminar
  6. A música, a chuva, o brioche: perfeito! :)

    Quer dizer, a chuva só é perfeita se vier junto com os restantes membros do trio...

    ResponderEliminar
  7. Suzana,
    A música é nostálgicamente perfeita para acompanhar o chá, o brioche, com um gato pachorrento no colo, que saudades eu tenho da minha gata Flô.
    E a propósito de brioche, parece-me que já os vi na mesa de um certo lanchinho, também ele perfeito :)
    Já agora deixa-me dizer-te que também partilho deste teu gosto musical, adoro a Ella e o Louis.
    Beijinho e Bom Fim de Semana
    Manuela

    ResponderEliminar
  8. esta variação de sabor pelo brioche deve ser mesmo uma maravilha...
    Gosto muito de pão brioche e calha-me muito bem! Vou experimentar esta receita e saborear cada pãozinho...

    beijinhos, Micas

    ResponderEliminar
  9. Nunca comi brioches de limão, mas sendo o meu fruto preferido tenho a certeza que não me importava nada de provar um.

    Beijinhos

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!