17.4.13

Terrine fria de batata e salmão para um encontro de amigos

Terrine fria de batata e salmão

Chega o sol e a vontade de comida fria. Partilhada em torno da mesa, com dois dedos de conversa e um copo de vinho. Das alegrias da vida, a simples e velha fórmula de reunir pessoas especiais a pretexto de as alimentar é talvez das mais recompensadoras. Ganha-se em sorrisos e gargalhadas, em abraços e tagarelice. Sem esquecer os estômagos consolados.

Esta terrine fria é uma solução fácil. Pode ser preparada na véspera, deixada no frio quase até à hora de ser servida e reúne sempre olhares curiosos com as suas camadas de amarelo, rosa, verde, amarelo... De tradição Francesa, é o recipiente que dá nome e forma a pratos muito diferentes, como patés e gelatinas salgadas. Aqui trata-se apenas de uma combinação simples de batata e salmão.

De todos os alimentos, a batata é talvez a mais incompreendida. Destinada a acabar em sopa ou puré, sem direito a ser ingrediente principal. É o eterno acompanhamento. Originária da América do Sul, chega com as Descobertas pelas mão dos Espanhóis para assumir importância na nossa mesa. Já não vivemos sem ela. Só falta darmos-lhe a devida importância.

batatas // potatoes Terrine fria de batata e salmão

O que fazer para um encontro simples entre amigos? O desafio chega em forma de Batata - um mundo de sabor. Não há melhor proposta que um convite para juntar à mesa pessoas de quem se gosta à volta da comida. A minha única exigência é que possa ser preparado com antecedência e ninguém se esqueça do que comeu. Pelo menos até ao encontro seguinte. Que é como quem diz, tem de ser delicioso e bonito.

A minha terrine fria de batata e salmão não leva gelatina, nem nada que agregue as camadas, para além de umas pinceladas de azeite e alguma pressão. Corta-se em fatias, mais ou menos escangalhadas, e serve-se com agrião e um vinagrete. Pode duplicar-se a receita em função do número de convidados. É garantia de amigos para sempre.



Terrine fria de batata e salmão

serve 4-6 (dependendo do tamanho da fatia), como entrada

3 batatas médias (cerca de 250g)
400 g espinafres frescos
1 dente de alho, picado finamente
1 colher (sopa) azeite + extra para pincelar
uma pitada de noz-moscada
250 g salmão
250 ml caldo de legumes
1 folha de louro
3 grãos de pimenta rosa (ou outra, a gosto)
1 cebola pequena, em rodelas
pimenta preta moída na altura

Coloque o salmão sobre as rodelas de cebola num tacho pequeno. Cubra com o caldo e junte a folha de louro e os grãos de pimenta. Tempere com sal. Coza o peixe por 5 minutos. Deixe arrefecer e desfaça ligeiramente em lascas. Reserve. Coza as batatas inteiras em água com sal até estarem tenras mas sem perderem a forma (8 minutos). Escorra, deixe arrefecer completamente e corte em fatias finas.

Salteie os espinafres numa frigideira larga com uma colher de azeite e o alho picado, até estarem cozinhados. Tempere com sal e uma pitada de noz-moscada. Deixe arrefecer ligeiramente. Quando puder manuseá-los, aperte entre os dedos. Escorra o máximo de água que puder e pique grosseiramente. Deixe arrefecer e acrescente as cebolinhas picadas, a raspa de limão e o cebolinho.

Monte a terrine. Numa forma rectangular (ou numa forma de pão, se fizer a receita a dobrar), pincele o fundo e os lados com azeite. Faça uma camada fina de batata, sobrepondo ligeiramente as fatias. Pincele com azeite e tempere com pimenta preta moída na altura. A seguir, coloque metade das lascas de salmão sobre a batata e pressione um pouco com as costas de uma colher. Faça o mesmo com metade dos espinafres. Repita as três camadas. Termine com uma camada de batata. Leve ao frio de um dia para o outro. Retire 20 minutos antes de servir.

Sirva em fatias (retire com duas espátulas) e acompanhe com salada de agrião e um molho vinagrete.

para o vinagrete de salsa e limão:
3 colheres sopa azeite extra-virgem
1 colher sopa sumo de limão
2 pés de salsa (só as folhas), em juliana fininha

Coloque todos os ingredientes do molho num frasco com tampa hermética. Agite até emulsionar.

nota: as fatias da terrine não ficam coladas pelo irão desmanchar-se. Se quiser garantir que ficam intactas e são mais fáceis de cortar pode juntar gelatina. Misture 1 colher (sopa) gelatina em pó a 300 ml caldo de legumes ainda quente (mas fora do lume). Vá deitando um pouco desta mistura entre cada camada e no final verta o restante.

--
{ outras receitas com batata }
Bolinhos de batata e salmão
Salada de batata e favas com queijo de cabra e bacon

12 comentários:

  1. Que boa sugestão, principalmente agora que o tempo começa a ficar bom e dá vontade de convidar os amigos para jantarem e usufruirem connosco dos espaços exteriores (terraços, jardins, varandas). E como dá para preparar com antecedência, é perfeito, pois na altura de recebê-los podemos estar super à vontade e aproveitar a companhia :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta terrine é perfeita para o Verão mesmo, quando o calor já se instalou. Porque é fria, sabe melhor num dia "caliente" e em boa companhia. ;)

      Um beijo*

      Eliminar
  2. Não percebi a parte do texto em que esmagas as batatas? Parecem ser todas usadas as rodelas finas? Vou experimentar em breve!
    Babette

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Babette,

      É o que dá a pressa! Já rectifiquei. As batatas são todas em rodelas finas. Obrigada por teres reparado na frase solta no meio do texto. ;)

      Um beijo*

      Eliminar
  3. Uma sugestão que para além de linda deve ser deliciosa...As batatas são um alimento desqualificado mas oferecem nos tanta variedade e milhentas maneiras de serem cozinhadas que mereciam sem duvida mais destaque na nossa mesa...
    Bjoka
    Rita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tão verdade, Ana Rita! As possibilidades de cozinhar com batata são quase infindáveis e muito saborosas. Basta darmos-lhe alguma atenção. ;)

      beijo*

      Eliminar
    2. Confesso que apenas descobri a potencialidade da batata em Barcelona, há um ano atrás. Com a tortilla e as patatas bravas, os espanhóis sabem bem o que fazer para as colocar num outro patamar com os mais básicos dos ingredientes. :)

      Eliminar
  4. Que bela ideia e ideal para o verão, kiss
    Susana

    Nota: Ver os passatempos a decorrer no meu blog:
    http://tertuliadasusy.blogspot.pt/2013/04/projeto-escolha-do-ingrediente.html
    http://tertuliadasusy.blogspot.pt/2013/04/passatempo-meiaduzia-de-mimos-para-ti.html

    ResponderEliminar
  5. Vencedora merecida! Parabéns Suzana :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Catarina! Fico muito contente, claro. :)

      Eliminar
  6. Que linda participação, adorei o prato e as fotografias como sempre, acho o máximo utilizares sempre a mesma pessoa com o prato na mão :)

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!