20.2.09

Paris, uma vez mais

Neige!

Every time I look down on this timeless town,
Whether blue or gray be her skies,
Whether loud be her cheers, or whether soft be her tears,
More and more do I realize that...

I love Paris in the spring time
I love Paris in the fall
I love Paris in the winter when it drizzles
I love Paris in the summer when it sizzles

I love Paris every moment
Every moment of the year
I love Paris, why oh why do I love Paris?
Because my love is here


É a versão de Doris Day, a preferida de Cole Porter (ou assim conta a lenda) que toca uma vez e outra na minha cabeça enquanto escrevo. Adoro Paris na Primavera / adoro Paris no Outono / adoro Paris no Inverno, quando chove / adoro Paris no Verão, quando "frita". Já estive em Paris em Fevereiro, em Junho e em Setembro, o que basicamente abrange todas as estações do ano. Como Doris Day, Ella Fitzgerald, Nat King Cole, Frank Sinatra ou Patti LuPone e muitos outros não-músicos antes de mim, I love Paris. Mesmo quando chove. E acreditem, se choveu!

Há uma magia qualquer ao percorrer os boulevards com um frio de rachar, saltar pelas livrarias, comprar um livro e encontrar um sítio abrigado para tomar café au lait et pain aux raisins... Ou atravessar o Jardin des Tuileries para visitar as exposições no Jeu de Paume et à l'Hôtel de Sully enquanto um sol tímido procura irromper das nuvens.

Tuileries

Ou simplesmente voltar ao bistrot favorito e descobrir que continua igual. Correndo o risco de soar como um disco velho riscado, eu gosto mesmo de Paris. Sobretudo se o meu amor lá estiver.

Café Constant

4 comentários:

  1. Ao contrário do que se diz, eu acho que se deve sempre voltar a onde se foi feliz. E que bonita é Paris pelos teus olhos.

    Beijo *
    Mariana

    ResponderEliminar
  2. Tambem sou louca de paixao por Paris, chego a suspirar quando penso, foi la que conheci meu marido ! As fotos estao lindas ! bjinhos

    ResponderEliminar
  3. Fui uma vez a Paris e foi amor a primeira vista!!!lindas fotos...
    que saudades
    bjs

    ResponderEliminar
  4. Que soe como um velho disco riscado, então, não tem problema! O fato é que você está certíssima: Paris merece muitas reprises! Não há como se cansar de uma cidade como esta... Que saudade...

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!