1.11.09

E vão 2!

bolodeclarascomrecheio

As datas são o que delas fazemos. Registamos o dia e é esse o nosso predicado. Não tenho grande queda para aniversários. Fazem-me questionar o óbvio, como acontecia quando eu andava nos colégios de inspiração religiosa que marcaram a minha infância e onde os dogmas me faziam levantar o braço e fazer perguntas desconcertantes. [Sorte a minha que sempre tive interlocutores ponderados e respeitadores da vontade alheia de quem tem 7 ou 8 anos...] Porque hei-de celebrar o dia de hoje e não o de ontem ou de amanhã? Não mudei. Esqueço-me das datas dos aniversários dos amigos, troco os dias ou os meses, atraso-me. Hoje este blogue faz dois anos. Não me lembro de ter celebrado o primeiro... Passou-me. Porquê hoje então?

Sou de novo a menina de farda azul escura, pespineta e de mão no ar que responde: E porque não hoje? Um dia como outros, bom o suficiente para um reconhecimento de tudo o que ganhei em sorrisos, experiências, amizade, conhecimento, dias bem passados, gargalhadas e melhores pratos. Levantem o garfo. O bolo está na mesa. ;)

Birthday cake

Bolo de claras
Adaptado da receita original da minha amiga Marizé no Tachos de Ensaio

250g farinha
200g açúcar
70g açúcar baunilhado
150g manteiga, à temperatura ambiente (usei margarina, mas aconselho manteiga)
400ml leite (usei de soja)
½ colher (chá) sal
1 colher (sopa) fermento em pó
5 claras (cerca 150g)

Use três tigelas. Numa média, peneire a farinha com o fermento e reserve.
Bata as claras em castelo firme com o sal e reserve.
Numa tigela grande, bata a manteiga com os açúcares. Misture alternadamente o leite e a farinha peneirada e continue a bater até obter uma massa homogénea. Envolva as claras cuidadosamente, sem bater. Deite a massa numa forma bem untada e forrada com papel vegetal.
Pré-aqueça o forno a 180º e coza o bolo durante 45-50 minutos.
Deixe arrefecer ligeiramente antes de retirar da forma.

Xarope:
1 chávena açúcar
250 ml água
¼ chávena ginginha

Leve ao lume a água e o açucar até a calda atingir um ponto fraco. Retire do lume e junte a ginginha. Deixe arrefecer.

Creme para rechear:
200 ml natas
200 ml leite
150 grs açúcar
2 gemas
2 ovos
1 vagem baunilha, aberta ao meio e as sementes raspadas

Coloque o leite, as natas e a vagem de baunilha (as sementes inclusivé) numa caçarola e leve ao lume até levantar fervura. Retire do lume e reserve. Numa tigela, bata os ovos, as gemas e o açucar até obter uma mistura fofa e esbranquiçada. Retire a vagem de baunilha da mistura de leite e natas e envolva a dos ovos. Leve ao lume para engrossar, mexendo sempre com uma vara de arames. Se criar grumos, passe por um passador de rede antes de usar.

Compota de frutos vermelhos:
1 chávena mistura amoras, framboesas, groselhas frescas (ou congeladas)
2 colheres sopa açucar
1 colher sopa sumo limão

Leve ao lume todos os ingredientes numa caçarola. Deixe ferver 2 minutos. Reserve até arrefecer.

Montagem do bolo:
Corte o bolo ao meio com uma faca de serrilha apenas quando este estiver completamente frio. Regue com o xarope. Espalhe o creme com uma espátula, deixando cerca de 1 cm a toda a volta. Deite a compota de frutos por cima do creme de forma igualitária (mas sem usar qualquer utensílio para tal). Coloque a outra metade do bolo sobre a primeira e a camada de recheio. Polvilhe com açucar em pó e sirva com groselhas frescas.

Este bolo deve ser consumido no dia da montagem ou no seguinte. Guarde no frigorífico.

14 comentários:

  1. Muitos parabéns para o blog e que muitos mais estejam a caminho.
    Esse bolo esta muito apetitoso, se o visse dava-lhe uma trinca.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Suzana,

    muitos parabéns por este espaço magnífico que adoro visitar.

    Que continues por muitos mais.

    Um beijo grande,

    ResponderEliminar
  3. Comemorar deve ser sempre que a vontade surgir. Por isso hoje, amanhã ou para a semana, sempre aqui.

    Parabéns por estes dois anos e obrigada pelos presentes que nos dás.

    Um beijo enorme *
    Mariana

    ResponderEliminar
  4. Bem o bolo ficou lindo! A decoração ficou fantástica. O seu texto fez-me lembrar um pouco o sentimento do Natal, pois Natal devia ser quando um homem quer, mas nem sempre aconteçe.

    Bjs e parabéns pelos 2 anos de existência do seu blog, que é fantástico.

    ResponderEliminar
  5. Muito Parabéns!!! O bolo está lindo mas o post anterior é que deixou K.O :))
    Macarons são das melhores coisas do mundo e também eu já estou a entrar em "crise de abstinência de Paris”, estive lá em Janeiro mas voltava já amanhã :)

    Beijinhos,
    Carlota

    ResponderEliminar
  6. Suzana,
    Muitos Parabéns! Pelos dois anos do blog, pelas receitas maravilhosas e pelas belíssimas fotos. Que venham mais para festejarmos.
    E a propósito de aniversários, enviei-te um convite por e-mail, vai ver pleaseeeee!
    Beijinho
    Moira

    ResponderEliminar
  7. Fiquei encantada com a apresentação do bolo. Imagino que estava delicioso.
    Parabéns!
    Bjos

    ResponderEliminar
  8. desdja muitos parabens pelos dois aninhos do blog.
    o tempo passa e nem damos por ele.
    nao tarda ja e natal quem diria:-)
    esta uma deliciaa este bolo.
    beijinhos

    ResponderEliminar
  9. PARABÉNS !! em jeito de prenda de aniversário deixo-te um vídeo importante para a tua causa : Beij.

    http://video.google.com/videoplay?docid=2756277227675684050&hl=pt-BR#

    ResponderEliminar
  10. Suzana, não vale ficar colocando foto com groselhas tão lindas... Vc quer que eu morra de inveja?!? Rs...

    ResponderEliminar
  11. A partilha de experiência e conhecimento é sempre de louvar.
    Sigam-se os próximos!
    Parabéns e um beijinho

    ResponderEliminar
  12. Querida Suzana, parabens pelo aniversario do GA--nossos blogs devem ser do mesmo signo! ;-) e parabens pela reportagem na revista Ginko. adorei rever todas voces, tao queridas, por la! um beijo,

    ResponderEliminar
  13. Que óptimo aspecto! Muito tentador!
    bjs

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!