20.1.10

Uma dádiva dos deuses

Vanilla Pear Cake

A delicadeza de uma pêra não tem igual. Razão tinha Homero que se referia a elas como uma 'dádiva dos deuses'. É o singelo testemunho de um fruto sem pretensões - a cor indistinta, a textura meio granulada, a firmeza ao toque, o orgulhoso pedúnculo a apontar o céu... O que eu adoro pêras!

Este foi o bolo com que celebrámos o aniversário (oficioso) da minha mãe, que faz anos duas vezes por ano e ainda assim conta sempre menos anos que no aniversário anterior! A receita é de um livro bonito e de um senhor (improvável chef) chamado Bill Granger, cujos pratos sabem sempre a verão ou não fosse ele australiano. O bolo, esse, corre o risco de ser repetido à exaustão. É delicioso.

Vanilla Pear Cake

Bolo de Baunilha e Pêras
Adaptado de Bill Granger, Bill's Food

6-8 pessoas

80 g manteiga sem sal
185 g (3/4 chávena) açucar superfino
1 ovo
1 colher chá extracto baunilha
Raspa 1 limão
185 ml (3/4 chávena) natas
165 g (1 1/3 chávenas) farinha
2 colheres chá fermento em pó
Pitada de sal
4 pêras pequenas, ou 2 grandes
20 g manteiga sem sal, derretida
60 g (1/4 chávena) açucar não refinado (ou mascavado)

Pré-aqueça o forno a 180°C. Bata a manteiga com o açucar até obter uma textura fofa e leve. Adicione o ovo, a baunilha e a raspa de limão e bata por um minuto. Acrescente as natas, envolvendo tudo. Peneire a farinha, o fermento em pó e o sal. Misture com cuidado.

Use uma forma de 24 cm. Deite a massa e alise a superfície com uma espátula. Descasque as pêras e arranje sobre a massa em círculos concêntricos. Pincele as pêras com a manteiga e polvilhe com o açucar. Leve ao forno por 50 minutos a 1 hora ou até o bolo estar cozido e as pêras douradas.

A receita original sugere custard como acompanhamento. Eu servi com iogurte grego e mel.

12 comentários:

  1. As tartes de fruta agradam-me quase sempre e essa não é excepção.
    Ficou com óptimo aspecto e muito apetitosa.

    http://asvezescozinheira.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. repito exageradamente as tartes de maçã! agora já tenho uma variação perfeita! =)

    beijos!

    ResponderEliminar
  3. Que combinação fantástica!!! Adoro baunilha e apesar de a pêra não ser dos meus frutos favoritos deve ser óptimo o bolo...
    Beijos*

    ResponderEliminar
  4. Uma das melhores memórias gastronómicas que guardo da infância é precisamente com uma pêra: estava a passar uns dias em casa da minha tia Isaura e ela levou-me uma pêra cortadinha, para eu comer na cama antes de dormir. Doce, suculenta, firme, parece que ainda a sinto na boca.
    Tenho aqui umas belas pêras rocha vindas directamente do produtor. :)

    Adorei a sugestão.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  5. Aprecio muito bolos,tartes e sobremesas com fruta. Esta sugestao esta fantastica. Parabens a sua mae, pois nao e toda a gente que comemora aniversarios 2 vezes por ano.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Assim como é que eu vou fazer dieta de amarelos??Ein? Linda :-) Parábens! Quando tiver melhor faço-a de certeza e depois digo. Jokas

    ResponderEliminar
  7. hume sabes recebi a uma semana um belo carregamento de pêras
    esta mesmo a chamar por mim este bolinho
    beijinhos e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  8. Que delícia de torta Suzana!
    Queria convidar você e seus leitores para participar do sorteio do meu livro Musses, Pastas e Antepastos. Passa lá no Aromas e Sabores para ver as regras. Acho que vai ser divertido!
    bjs e parabéns pelo blog - adorei!

    ResponderEliminar
  9. Estou divulgando meu novo blog
    www.gastronomiaefotografia.blogspot.com
    Se puder da uma passada lá!

    Atenciosamente
    Tati

    ResponderEliminar
  10. Adoro tartes de fruta, mas o maior apreciador de peras que conheço ao cimo da terra é o meu pai para quem esta tarte seria uma verdadeira dádiva dos Deuses.
    Bjs
    Moira

    ResponderEliminar
  11. Menina, mas vc se supera a cada dia; parabéns! Bjs

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!