5.3.13

Sopa de batata-doce e abóbora com baunilha e o Workshop Bonsalt

Workshop Bonsalt no Kiss the cook

Das práticas culinárias que povoam as nossas cozinhas, as fronteiras do desconhecido são as mais difíceis de ultrapassar. Baunilha em sopa? O doce e salgado que se enfrentam na nossa mente e a relutância em alterar hábitos longamente enraizados e algumas certezas quase absolutas. Substituir o sal por uma alternativa sem sódio, a começar por uma sopa de batata-doce e abóbora com baunilha? Eis a proposta feita ao bem disposto grupo de bloggers presente neste Workshop Bonsalt.

A noite promete.

Workshop Bonsalt no Kiss the cook Workshop Bonsalt no Kiss the cook

Os hábitos dos Portugueses no que respeita ao consumo de sal são parte da história dramática de um país em que problemas de hipertensão estão mais ou menos disseminados por diversas faixas etárias. Eu, que tenho hipotensão, nunca parei para pensar muito no assunto. Cozinhar com Bonsalt neste workshop foi um excelente forma de reflectir sobre a necessidade de um estilo de vida saudável e o papel do sal na nossa alimentação.

E a utilização de baunilha como especiaria num prato salgado? Gostei muito. A sopa de abóbora e batata-doce não podia ser mais surpreendente. Fiquei a pensar numa outra combinação improvável das sementinhas pretas, um puré de batata com baunilha que acompanhou uma costeleta de borrego da autoria do chef Nuno Diniz. Faço mais uma nota mental enquanto como a sopa: baunilha não é só para doces.

Workshop Bonsalt no Kiss the cook



Sopa de batata-doce e abóbora com baunilha
Adaptado da receita feita no Workshop Bonsalt

serve 4-6

1 colher (sopa) azeite
2 alhos franceses, fatiados
2 dentes alho, picados finamente
4 batatas-doce, descascadas e em cubos
750 g abóbora, descascada, sem sementes e em cubos
900 ml caldo de galinha
1 vagem de baunilha, cortada ao meio longitudinalmente e as sementes raspadas
1 colher (café) Bonsalt (ou sal a gosto)
natas, para servir (opcional)
Aqueça o azeite com o alho e o alho-francês e deixe cozinhar em lume baixo por 2 minutos. Junte a batata-doce e a abóbora e mexa. Cubra com caldo de galinha, tape e deixe levantar fervura. Adicione as sementes de baunilha (use a vagem para açúcar baunilhado). Cozinhe em lume médio 15-20 minutos. Tempere. Reduza a puré e acrescente mais caldo se necessário.

Sirva com uma colher de natas (opcional).

--

A segunda receita que cozinhamos foi um prato de salmão com crosta de castanha do Brasil, acompanhado por um cuscuz de espinafres frescos e vinagrete de laranja e lima. Entre as gargalhadas, as entrevistas e muita conversa, surpreende que sentados à mesa o nosso jantar, feito por nós, estivesse no ponto. No meu caso ajudou ter por companhia uma cozinheira de mão-cheia e a organização da equipa do Kiss the Cook.

Workshop Bonsalt no Kiss the cook Workshop Bonsalt no Kiss the cook

Nenhuma refeição fica completa sem sobremesa. A que comemos não foi feita por nós e combinava chocolate com Bonsalt. Marcou o final de um fim de dia muito divertido, em excelente companhia. Obrigada!

Workshop Bonsalt no Kiss the cook

--
ver também:
Bolachinhas de Amêndoa com Bonsalt, no Tertúlia de Sabores
Workshop Bonsalt Bloggers, o vídeo.

7 comentários:

  1. Que bela sopa! Reconfortante e deliciosa!
    E as fotos estão exclentes.

    ResponderEliminar
  2. os portugueses e o sal! ainda ontem vi uma reportagem que dizia que consumimos o dobro do sal necessário diário.
    Belas fotos e uma sopa bem reconfortante :) beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Baunilha na sopa parece-me bem! Eu que adoro coisas inusitadas, convence-me logo! :-)

    ResponderEliminar
  4. Olá Suzana!
    Deu-me vontade de experimentar, mas.... será que consigo ousar e usar a baunilha?!
    Gostei de te "conhecer" no vídeo do workshop :)
    Um beijinho e bom fim-de-semana!
    Teresa

    ResponderEliminar
  5. que evento bacana. Desde que comprei o sal de baunilha do `Heston pela primeira vez comecei a brincar um pouco e tive otimas surpresas ao colocar o sal de baunilha nos pratos mais variados. mas nao o tenho feito há um bom tempo. Fiquei bem enamorado do prato de peixe. tudo que o prato levou me cativou e fiquei morta de inveja de quem o experimentou.

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!