19.4.13

O crumble de amêndoas do chef Chakall e o Workshop Président

Workshop Président, Chef Chakall, na Casa Paladar

Com queijo vou feliz da vida. São sorrisos arrancados com facilidade. Promessas feitas e cumpridas sem percalços. Se me chamam para um mundo feito de queijo, vou sem pensar duas vezes. Gosto de todos. Casca mole ou casca dura. Amarelos, brancos ou laranja. Doces ou picantes. Fortes ou macios. Eles que venham. Sozinhos ou acompanhados.

Porque as receitas com queijo como ingrediente são sempre bem-vindas. Na Casa Paladar, num workshop com o chef Chakall a convite da Président, entre saladas quentes, queijo marinado em ervas, mil-folhas de beringela e tomate, há um crumble de amêndoas que ainda me povoa os sonhos. Mas já lá chego.

Workshop Président, Chef Chakall, na Casa Paladar
Workshop Président, Chef Chakall, na Casa Paladar

Quando o convite chegou para conhecer o novo Snack Président num workshop com o chef Chakall, fiquei curiosa. Trata-se de um queijo macio e mole, de sabor pouco pronunciado (semelhante ao brie) e indicado para saladas e pratos rápidos para lanches e almoços ligeiros. Do meu agrado foi a textura e a forma (em rolo) fácil de cortar e o sabor agradável.

O que não antecipei foi que uma simples receita de crumble havia de me tirar o sono.

Workshop Président, Chef Chakall, na Casa Paladar

Crocante e denso, o crumble do chef Chakall tem um aroma profundo a caramelo. Trincam-se as amêndoas grosseiramente trituradas e bem lá atrás há uma nota de amargo-doce da hortelã. O mais surpreendente de tudo o que nos foi dado a provar. Se as fatias aquecidas de Snack Président precisavam de uma companhia, esta foi sem dúvida a mais primorosa.

Foram estes os sabores que mais me marcaram e que, não sendo novos, me fizeram olhar de novo para as possibilidades dos crumbles, sem ser os doces ou salgados tradicionais. Mais aligeirado, não menos delicioso.

Workshop Président, Chef Chakall, na Casa Paladar
Workshop Président, Chef Chakall, na Casa Paladar



Crumble de amêndoas, pêras caramelizadas e queijo Snack Président
Adaptado de uma receita do chef Chakall

serve 4, como entrada

2 pêras (em alternativa, podem utilizar-se maçãs), em cubos
100 g açúcar amarelo
2 colheres (sopa) amêndoas em farinha
3 colheres (sopa) manteiga, em cubos
1 colher (sopa) farinha
4 folhas de hortelã, enroladas e picadas
1 queijo Snack Président (em alternativa, pode usar-se Brie), em fatias

Pré-aqueça o forno a 18oºC. Faça o crumble: misture a farinha com as amêndoas, metade do açúcar e 2 colheres de manteiga. Com a ponta dos dedos, vá esmagando a manteiga até obter uma mistura semelhante a migalhas. Disponha num tabuleiro e espalhe. Leve ao forno 15-20 minutos ou até estar dourado. Cuidado para não queimar.

Coloque a manteiga e o açúcar que restam numa frigideira, junte a fruta e deixe caramelizar levemente. Retire do lume, junte a hortelã e sirva com o queijo e o crumble (no prato, como entrada, ou sobre tostas, como aperitivo).

--

Uma festa de gargalhadas com a Sónia d'As receitas da patanisca, Dulce da Cozinha da Duxa, a Ana d'A Marmita Lisboeta, a Joana do Palavras que Enchem a Barriga, a Ana do Receitas Fáceis, Rápidas e Saborosas, a Cristina do Salpicos Doces, a Carla d'O Meu Tempero, a Helena do Cooking Book, a Antónia do Shopping Spirit, a Raquel do Les Bons Vivants, a Cláudia do Azeitona Verde, e a Isabel do Three Fat Ladies. Obrigada pela companhia!

Workshop Président, Chef Chakall, na Casa Paladar

10 comentários:

  1. Esse crumble tem mesmo ar de tirar o sono...E eu sou uma fã de crumbles sejam eles de que maneira forem...
    Vou levar a receita...
    Bjoka
    Rita

    ResponderEliminar
  2. O crumble parece delicioso e que fantástico workshop! Obrigada pela partilha!
    Beijinhos e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  3. Oh... agora fiquei ainda mais triste por não ter ido (infelizmente a distância e o tempo por vezes não ajudam) mas adorei ler o relato desta experiência :) e o crumble hmm acho que hoje vou sonhar com ele :) beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Deve ter sido um dia mesmo giro :)
    Adoro ler-te e adorava ter aí estado, convosco!
    Que belo crumble, enche o olho!
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  5. que giro que deve ter sido.. :)
    beijinhos e bom domingo

    ResponderEliminar
  6. Eu sou fã de crumble e de queijo. O que quero mais, isto é perfeito!!!
    Um beijinho e boa semana

    ResponderEliminar
  7. Amiga, estás tendo oportunidades fabulosas de experimentar novos saboros. Estou encantada com as tuas narrativas. E este crumble, com a pêra e o queijo deve ter sido simplesmente divino. Aguardo mais aventuras.

    ResponderEliminar
  8. Olá Suzana! Interessante combinação, fiquei com imensa vontade de experimentar (noutro dia fiz o crumble assim, separado da fruta, mas por uma questão de logística, e gostei bastante do resultado). Acho que na receita não diz onde entra a fruta, mas julgo que deve ser quando se leva o restante açúcar a caramelizar, certo?
    Um beijinho
    Teresa

    ResponderEliminar
  9. Olá Teresa!

    O crumble à parte é uma excelente ideia e muito versátil. A fruta entra, de facto, com o açúcar e a manteiga para caramelizar ligeiramente. Já lá está (ando a comer muito queijo!!). Obrigada por teres reparado. ;)

    Uma beijoca*

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!