3.9.15

Gaspacho com pimento assado e croutons de alho e orégãos

Gaspacho e dias de praia

Há quem diga que todas as noites são de sonhos. Mas há também quem garanta que nem todas, só as de Verão. No fundo, isto não tem muita importância. O que interessa mesmo não é a noite em si, são os sonhos.

Pudesse William Shakespeare ter escrito Sonho de uma noite de Verão não como uma comédia trágica mas como uma peça dramática e nada seria o mesmo. Expectativas literárias à parte, é a reflexão sobre a vida que mais surpreende nesta obra, hilariante e improvável, aparentemente ligeira e quase a pedir para não ser levada a sério. Como as aparências, a palavra escrita ou os pratos que parecem mais simples encerram tantas vezes a quantidade certa de tudo o que faz parte de uma boa receita.

Gaspacho e dias de praia Gaspacho e dias de praia

Setembro chegou apressado e com ele uma mudança nas dinâmicas do mundo: volta-se ao trabalho, reinicia-se a rotina de todos os dias e aceita-se (com alguma tristeza) que as horas de sol são notoriamente mais curtas. É assim para quase todos. Este ano trocamos as voltas ao calendário e convencemos o Verão a ficar mais um pouco. Entre desejos, mézinhas e promessas fazemos tartes que nos lembram os dias estivais e continuamos a celebrar o delicioso tomate que ainda chega à nossa cozinha.

Os finais de tarde na praia pedem refeições frescas e a preguiça de quem não teve férias apela à facilidade extrema. A história deste gaspacho, tradicional em quase tudo menos num ingrediente, faz-se vezes sem conta neste Verão. Querendo acreditar que a estação ainda não mudou, assim o tomate chegue, e o gaspacho continuará a ser feito.

Gaspacho e dias de praia



Gaspacho com pimento assado + croutons de alho

2-3 porções, como entrada

2 tomates grandes, maduros (reserve uns cubos para servir)
1 cebolinha pequena
1 fatia de pão, só o miolo
1 pimento pequeno assado, sem pele
1 colher (chá) de azeite virgem extra (usei o azeite biológico Terra de Sabores do Intermarché)
1 pepino pequeno, sem pele (reserve 2 fatias largas com pele, para picar)
4-5 cubos de gelo
vinagre de vinho branco e orégãos, para temperar
flor de sal

croutons de alho e orégãos:
1 fatia de pão
1 colher (chá) de azeite virgem extra
1 dente de alho
orégãos secos

Coloque todos os ingredientes do gaspacho (à excepção dos temperos) numa picadora e reduza a puré. Tempere com flor de sal,vinagre de vinho branco e orégãos para obter uma sopa equilibrada. Se necessário junte um pouco de água gelada.

Para os croutons de alho e orégãos, torre o pão até estar dourado. Esfregue com o alho, regue com azeite virgem extra e polvilhe generosamente com orégãos. Com as mãos parta o pão grosseiramente em bocados de diferentes tamanhos.

Sirva o gaspacho em tigelas, junte o picadinho de pepino e tomate e os croutons de alho e orégãos.

2 comentários:

  1. Olá, sou a Isabel e acompanho o seu blog há bastante tempo, sou aliás leitora assídua de muitos outros blogs diáriamente, e, como tal decidi criar um blog onde divulgo os blogs que acompanho, (mas apenas escritos em português) sejam de receitas, artesanato, fotografias, moda, decoração, etc.

    Faço um pequeno tópico onde convido á visita dos blogs com hiperlink bem visível, de alguns posts do dia.
    Não faço reprodução de fotos nem textos dos autores, leio e divulgo.
    (Todas as fotos publicadas no meu blog são minhas.)

    Estou em "Conchas e Búzios" (http://conchasebuzios.blogspot.pt/).

    Resta-me apenas parabenizar o seu trabalho e agradecer uma visita ao meu cantinho quando for oportuno.


    Isabel Guerreiro
    iguerreiro2002@gmail.com

    ResponderEliminar
  2. Este post faz-me voltar às férias! Perfeito

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!