22.5.18

Da lata para o prato no novo restaurante da Loja das Conservas

Loja das Conservas, Lisboa

As conservas são fruto da paixão pelo mar que sempre marcou a cultura portuguesa e da capacidade de invenção de quem desenvolveu esta forma de preservação. A garantia que peixe chegava à mesa mesmo depois de ter terminado a campanha ou passados muitos meses depois da apanha fez das conservas um alimento popular. A Loja das Conservas reúne no mesmo espaço um conjunto extenso de produtores e uma sem número de latas onde o conteúdo é sempre promessa de mistério. Sardinha, cavala, petinga ou outro qualquer dos pequenos peixes que chega à lata contam uma história que hoje também se escreve com a conserva de moluscos, ovas ou mesmo do fiel amigo para todos os gostos e carteiras.

Se as conservas passaram a ser vistas como um símbolo de Portugal, o seu consumo mudou também. A vontade de provar e utilizar as conservas nas receitas do dia-a-dia fizeram com que a Loja das Conservas também se tornasse restaurante. Ou melhor, no plural, restaurantes! Agora nas lojas da Baixa e do Cais do Sodré também se pode explorar uma ementa que é, exclusivamente, construída em torno das conservas. A variedade e inúmeras possibilidades que se abrem no receituário fazem das Chamuças de Atum com Caril uma daquelas variações com tudo para dar certo. Aromatizadas com laranja e com adição de cenoura, é na massa que se ganha a perfeição destes embrulhos de sabor intenso.

Loja das Conservas, Lisboa
Loja das Conservas, Lisboa
Loja das Conservas, Lisboa

Seguindo os mesmos princípios de reinventar pratos a partir da utilização de conservas, os chefs André Palma e Tiago Neves foram buscar aos enchidos inspiração para a sua Morcela de Sangacho. De cura certa e todos os aromas presentes, a experiência de assar a morcela e comê-la às rodelas é aqui levada ao extremo num prato com muita piada. Para os amantes da tempura, é nas Sardinhas, Picante e Fumada, em Tempura de Limão com Molho de Iogurte e Pepino que se encontra uma utilização nova das conservas com os sabores de sempre. Mas o almoço havia de trazer mais surpresas, entre clássicos e outra pratos muito inovadores.



Na cozinha de André Palma e Tiago Neves as experiências são múltiplas. Por vezes trata-se apenas de escolher os melhores sabores para aromatizar um produto desconhecido trazendo-o para território partilhado. É o caso das Picas à Bulhão Pato que foram as minhas favoritas. O "peixe-agulha" é apanhado com a sardinha e o seu valor comercial é muito baixo. Mas é delicioso e muito sustentável!

Loja das Conservas, Lisboa
Loja das Conservas, Lisboa

Loja das Conservas, Lisboa
Loja das Conservas, Lisboa>

Na ementa podem ainda encontrar-se pratos como Sardinha Picante com Migas Alentejanas, numa homenagem ao Alentejo, Empadão de Cavala Fumada e o mui famoso Bacalhau à Brás, também confeccionado a partir da conserva do fiel amigo. De pendor marcadamente tradicional, estas receitas são reinterpretações bem conseguidas de pratos conhecidos e combinações testadas e aprovadas ao longo de décadas. Para uma experiência cheia de sabores portugueses, e totalmente saída da lata, a Loja das Conservas é imperdível. Fiquei de voltar para provar a Mousse de Queijo de Azeitão e o Semifrio de Cavala. Sim, de c-a-v-a-l-a. Com a curiosidade em alta, não deve demorar!

--
Loja das Conservas
Rua da Assunção, 83,
Baixa, Lisboa

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo seu comentário!