30.12.09

Ainda o Natal e as casinhas de bolacha de gengibre

Gingerbread House

É verdade que eu queria ser arquitecta quando era miúda, mas confesso que construir casas nunca esteve na minha agenda... Até este Natal. Há sempre uma primeira vez e pelo menos a casa não veio abaixo! A tradição das gingerbread houses surge no norte da Europa e torna-se possível a partir do séc. XI quando o gengibre, trazido do Médio Oriente, se encontra acessível na Alemanha e na Escandinávia. Os Irmãos Grimm, com as suas estórias de encantar, sobretudo a de Hansel e Gretel, tornam as casinhas de bolacha de gengibre ainda mais populares.

Gingerbread House

Bolachas de gengibre Escandinavas (Pepparkakstuga)
Adaptado de Beatrice Ojakangas, The Great Scandinavian Baking Book


Faz 2 casinhas pequenas + 30 bolachas ou 1 casa grande

110 g manteiga, à temperatura ambiente
110 g açucar mascavado escuro
1 colher (sopa) canela
2 colheres (chá) gengibre moído
1 a 1 ½ colheres chá cravinho moído
1 colher (chá) bicarbonato de sódio
60 ml água quente
435 g farinha trigo

Bata a manteiga e o açucar e adicione as especiarias. Misture o bicarbonato de sódio com a água quente e acrescente juntamente com a farinha à massa. Deve obter uma massa de bolachas dura. Se necessário acrescente mais água, uma colher sopa de cada vez. Refrigere 2 horas ou até ao dia seguinte.

Corte as partes da casa usando um molde de cartão para as paredes, telhado, etc. (Usei este reduzido para 50%)

Estenda a massa numa superfície enfarinhada até ter 5 mm aproximadamente. Coloque os moldes sobre a massa e corte as diversas partes com uma faca. Transfira as peças para um tabuleiro forrado com papel vegetal ou um tapete de silicone.

Pré-aqueça o forno a 190ºC. Coza as bolachas por 12 a 15 minutos até a massa estar firme. Depois de cozidas e ainda quentes, coloque novamente os moldes sobre as peças e apare caso seja necessário. Leave to cool on the baking sheet.

Royal Icing

½ clara ovo
165 gr açucar em pó
½ colher chá vinagre vinho branco (ou sidra)
½ colher chá extracto amêndoa (ou coco)

Bata todos os ingredientes, adicionando o açucar gradualmente até obter a consistência desejada. Coloque num saco de pasteleiro e monte a casa, começando pelas paredes. Utilize o restante para decoração.

Gingerbread House + Cat

E pronto, cá chegamos ao final de mais um ano... Coisas boas e menos boas, dias memoráveis e outros para esquecer. É tempo de balanços, mas também de olhares esperançosos para o fururo e claro muitos votos de felicidade e alegria. Quero pois desejar a todos um excelente ano de 2010!

5 comentários:

  1. Adorei as gingerbread houses :) Nunca me atrevi, mas acho que ficam um verdadeiro miminho!
    Ficaram mesmo lindas!

    Boas entradas em 2010, com muita saúde, amor, alegria, paz e felicidade! E principalmente com muita cozinha, com muitas receitas, com muitas inspirações, para nós, leitoras, podermos continuar a maravilhar-nos com este blog!

    Feliz Ano Novo!

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  2. Como arquitecta apaixonada pela culinária, nunca me deu para fazer uma casa de gengibre.
    Mas esta ficou deliciosamente linda!

    Parabéns, projecto aprovado. :)
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. Susana,

    adorei as tuas casinhas de gengibre. Lindas. Lindas.

    Um beijinho e votos de um excelente ano de 2010.

    Bjs

    ResponderEliminar
  4. Bom 2010!
    Adorei as casinhas, eu já fiz uma vez mas com o kit do Ikea, toda a gente adorou, mas com moldes nunca me atrevi.
    Gostei muito da última foto com o teu gatinho que por acaso é quase igual à gatinha da minha irmã: http://tertuliadesabores.blogs.sapo.pt/28088.html
    Beijinhos
    Moira

    ResponderEliminar
  5. Tão simples e por isso mesmo tão bonitas! No próximo natal vou experimentá-las! :-)

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!