25.10.10

Extracto de baunilha e uma razão para gostar de rum

extracto de baunilha // vanilla extract

O negócio da década é feito de coisas improváveis como a baunilha. É na companhia de quem como nós preza as vagens bem negrinhas que se fazem as melhores compras e se sonha com o que por cá não há. Pelo menos a preços decentes. Foi assim que me vi proprietária de uma mão cheia de vagens de baunilha a um módico preço. O extracto de baunilha é a aplicação mais lógica neste caso e eu resolvi que não queria fazê-lo com vodka mas com rum. E da baunilha se fez extracto.

cravos laranja
baunilha // vanilla beans

Extracto de baunilha e rum
Adaptado de Chocolate & Zucchini, receita original da Clotilde

3 vagens de baunilha
250ml (1 chávena) de rum (Havana Club)

Necessita de um frasco esterlizado com um pouco mais de 250ml de capacidade.

Corte as vagens longitudinalmente para expor as sementes. Coloque no frasco e encha com o rum. Tape e agite bem. Guarde num local fresco e escuro (por exemplo, dentro de um armário). O extracto fica capaz de ser usado em 8 semanas. Ao longo desse tempo agite o frasco de vez em quando. O líquido tornar-se~á cada vez mais escuro.

Quando começar a usar o extracto pode voltar a preencher o frasco com mais rum (preferencialmente igual) e adicionar as vagens de baunilha entretanto utilizadas. Desta forma o extracto mantém-se indefinidamente.

17 comentários:

  1. Olá! Antes de mais nada, gostava de te dar os parabéns pela menção no JN...muito merecida! :) Gostei especialmente desta dica, pois na verdade, vejo-me grega para encontrar extrato de baunilha por aí. Mas, desculpa-me a ignorância, ao utilizarmos rum ficamos com extrato de baunilha com sabor muito forte? ou o alcool só serve para preservar? Um beijinho

    ResponderEliminar
  2. Olá Suzana
    Nada acontece ao acaso....ontem decidi fazer finalmente o extracto e não é que me faltava o vodka, Ainda olhei para as garrafas de rum, mas ouvi aquela voz castradora "não inventes"
    Esta receita é mesmo ao meu gosto, amanhã quando chegar vou pô-la em pratica.
    Beijo

    PS-Parabéns pelo destaque na imprensa :)

    ResponderEliminar
  3. Parabéns pela noticia no JN :)
    O meu extracto de baunilha esteve meses no esquecimento da minha despensa, experimentei-o a semana passada, tenho que comprar frasquinhos, é que eu como tenho a mania das grandezas fiz logo numa garrafa de litro :)
    Não sabia que se podia usar rum, na altura tive que comprar vodka de propósito, não tive coragem de usar uma preciosidade que o António tinha na garrafeira e que tinha vindo do Cazaquistão :)
    Tenho saudades da Viz, que mais dia menos dia vai voltar para Milão.
    Beijocas

    ResponderEliminar
  4. Obrigada pela sugestão. Adoro baunilha, por isso é uma excelente ideia. bjs

    ResponderEliminar
  5. Filipa, o rum confere de facto um sabor mais robusto ao extracto. Eu usei um rum cubano jovem e sem muitas "camadas" de sabor e acho que resultou na perfeição. A percentagem de álcool é importante (deve ser de pelo menos 40%) para garantir o sucesso da infusão.

    Helena, o que eu precisava às vezes de uma voz dessas que me travasse!! Neste caso vai em frente e sem travões. Só espero que o rum do M. não seja uma preciosidade. ;)

    Moira, também não há necessidade de desbastar a garrafeira do António! Embora a qualidade do álcool seja importante para o extracto é, de facto, uma pena usar vodka de qualidade superior. (Também fiz o meu num frasco grande. Os frasquinhos são da Casa.)

    Fa, baunilha é algo vindo do céu. :)

    Bj grande a todas*

    ResponderEliminar
  6. Suzana, também fiz o extrato e tenho usado há meses, é fantástico!
    Linda a tua garrafinha.

    xx

    ResponderEliminar
  7. Tal como a Moira comprei Vodka mas só porque não encontrei Rum. É o que estiver mais à mão. É, de facto, uma bela invenção e nada se compara ao extracto caseiro. O meu já leva mais de um ano e mantém-se perfeito :)

    ResponderEliminar
  8. Eu não pertenço ao gang, mas adorei o produto do roubo ;-)

    Tenho usado e abusado e agora que sei que é de rum, já posso prolongar a vida da garrafinha.

    bjs

    ResponderEliminar
  9. Que coisa mais fácil de fazer, só preciso mesmo do rum, mas assim que for às compras vou trazer e fazer.
    Sempre a aprender!!!

    beijos

    ResponderEliminar
  10. Estive a ler os últimos posts e quer os textos, quer as fotos estão deliciosos. É por isso mais do que merecida a distinção no JN. Parabéns! Acho que nunca vou ter tempo ou paciência para fazer extracto de baunilha, mas é bom saber que também se pode fazer em casa e que resulta :-)
    Bjs
    Teresa (Lume Brando)

    ResponderEliminar
  11. nunca experimentei fazer mas agora ja sei como
    tenhoq ue por maos a obra
    bieijinhos

    ResponderEliminar
  12. Estou com um surplus de baunilha. rum...boa idéia. agora veja, estas garrafinhas..super charmosas

    ResponderEliminar
  13. Suzana
    Só hoje fiz e um litro! Eu sei...sou uma exagerada, mas nesta casa de marinheiros o que não falta é rum ;)
    Beijo e obrigada pela receita.

    ResponderEliminar
  14. Suzana,

    Eu faço extrato há mais de um ano e só uso cachaça e acho que ficam perfeitos. Já acho que o rum, por ser bi ou tridestilado tem um sabor característico demais, mesmo o rum não envelhecido.
    Mas minha dúvida na tua receita é: eu acho que 3 favas para 250ml é muito pouco e deve precisar de pelo menos tres meses de descanso e de chacoalho. Enfim eu já fiz uma experiência esse último ano e acho que a medida ideal são 6 favas para 250ml, 3 favas para 100 a 120ml ficaria perfeito e pelo menos 10 semanas de descanso.

    O extrato ficou lindo na garrafinha de vidro, já eu uso garrafas escuras, marrons, pois me disseram ser mais recomendadas para proteger da luz.


    Bj,

    C.

    ResponderEliminar
  15. Cláudia,

    Compreendo a sua relutância com o rum. Eu usei anejo blanco e acho que ficou muito bem, não excessivamente forte mas, claro, com um travo de sabor. As vagens de baunilha que usei são de 1ª qualidade, bem grandes e "gordas". Talvez usando das vagens mais secas seja preciso de facto colocar mais mas com essas nunca experimentei. Em relação às garrafinhas, estas foram de oferta pois uso uma garrafa grande que "escondo" dentro do armário. ;)

    Bj grande*

    Obrigada a todas pelas palavras simpáticas. :)

    ResponderEliminar
  16. Amei a dica!!! Adoraria saber onde comprou esses vidrinhos herméticos!!! Fiz o extrato mas acabei guardando em um vidrinho de vodka nada atraente. Como gosto de tudo bem bonitinho... aí vai a pergunta! Abçs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isabela,

      Comprei as garrafinhas em Lisboa, onde vivo, numa loja chamada CASA http://www.casashops.com/po/home.html . Não faço ideia se existe perto de onde mora. Espero que consiga encontrar. :)

      Um abraço*

      Eliminar

Obrigada pelo seu comentário!