8.2.11

Uma salada quente de Inverno para um dia cinzento

Preparando uma salada

Nunca o Inverno pareceu tão interminável. Talvez porque o do ano passado tenha sido mais benevolente ou porque outros, igualmente terríveis, já lá vão e a memória, essa falsa, os tenha arrumado bem fundo no baú das recordações. Hoje o dia acordou cinzento. Acabaram-se os banhos de sol e a luz difusa que faz as melhores fotografias. Já não há calor que nos chegue através da janela. Nada. Finito.

É tempo de recorrer de novo aos consolos do prato.

Ou nas palavras poéticas de Edith Sitwell (em A book of the winter): o Inverno é tempo de conforto, de boa comida e de cordialidade, [é tempo] para o toque de uma mão amiga e uma conversa junto à lareira: é tempo de casa.

Salada quente de inverno

As minhas idas ao mercado são mais esporádicas no tempo frio. Não que as folhas verdes, as couves e os brócolos não me encham de boas energias. Mas há limites para o que se pode fazer com os vegetais de Inverno. Ainda assim, no saco trago um molho de acelgas cheias de cor. Lindas. Cheias de bom augúrio, uma leve promessa de dias luminosos.

E de uma abóbora e de um molho de acelgas se faz uma salada quente.

Salada quente de inverno



Salada quente de abóbora, acelgas e queijo Feta

serve 2-3, como refeição

1/2 abóbora (butternut squash), sem sementes e em pedaços
2 colheres (sopa) azeite
1 colher (chá) alecrim, picado
1 colher (chá) açúcar

1 molho de acelgas
1 colher (sopa) azeite
1 dente de alho, picadinho

1/4 chávena queijo Feta, em migalhas

para o molho:
50ml azeite virgem extra
2 colheres (sopa) azeite balsâmico
1 colher (chá) mel

2 colheres (sopa) pinhões, tostados

Pré-aqueça o forno a 200ºC. Prepare a abóbora e coloque-a num tabuleiro, regue com o azeite e disponha o alecrim picado por cima. Tempere com sal e pimenta. Abane o tabuleiro para que o azeite envolva homogeneamente os pedaços de abóbora. Polvilhe como açúcar. Leve ao forno a assar, cerca de 45 minutos ou até a abóbora começar a caramelizar.

Lave as acelgas e pique-as grosseiramente. Aqueça o azeite com o alho picado numa frigideira antiaderente. Junte as acelgas e vá mexendo até os vegetais estarem cozinhados (cerca de 5 minutos). Tempere com sal e pimenta.

Coloque todos os ingredientes do molho num frasco com tampa hermética. Agite até emulsionar.

Misture a abóbora e as acelgas numa saladeira. Adicione o queijo Feta em migalhas e regue com o molho. Polvilhe a salada com os pinhões tostados e sirva de imediato.

14 comentários:

  1. Que maravilha de salada com aromas invernis!
    Fiquei apaixonada por esta composição!

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  2. Tão bom! Fiquei verdadeiramente aconchegada com a visão desta salada e quase (quase) me reconciliei com o Inverno.

    bjs

    ResponderEliminar
  3. Também me está a custar particularmente este Inverno...Tão longo... Mas por outro lado, é um tempo de Casa, sim. E são esses lados positivos da vida que temos de valorizar. Como esta salada. Tão quente e colorida num dia cinzento. Acelgas, abóbora e feta. As cores do inverno no prato!
    Babette

    ResponderEliminar
  4. Saladas assim no inverno nós gostamos. É Quentinha =)
    bjs Carolina e Margarida

    ResponderEliminar
  5. Por aqui eu torço pra que inverno nõ custe tanto a chegar...
    Adoro abóbora. Que salada linda!

    ResponderEliminar
  6. Todos os anos o Inverno instala-se como se fosse o pior e mais interminável de sempre.
    Valem as palavras do meu pai: é porque já não te lembras do último.
    E o último quase que engoliu a Primavera com tanta chuva!
    Mas como a memória é traiçoeira, talvez uma salada nutritiva como esta a ajude a manter-se em forma. :)
    Eu no Inverno gosto disso: da "conversa junto à lareira: é tempo de casa. ".
    :) :)
    Do resto, bah!!!!

    ResponderEliminar
  7. Que coincidência gira a nossa, uma saladinha de acelgas. Com abóbora deve ter ficado óptima. É bom termos algo reconfortante que nos ajude a superar estes dias frios de Inverno.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  8. Adoro acelgas e nunca encontro à venda por aqui.
    Esta salada a té aquece a alma
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  9. Isto pode parecer uma maluquice mas nunca vi acelgas à venda por aqui, são realmente folhas lindas e eu nunca lhes pus a vista em cima, nunca provei. Gosto dos legumes de inverno, de folhas verdes, de casa e do frio a acompanhar saladas quentes como esta :)

    ResponderEliminar
  10. E trocar acelgas por outra coisa, pode ser? Diria tipo, espinafres....????

    ResponderEliminar
  11. tambem nunca vi acelgas se calhar nunca procurei bem.
    mas fizeste uma salada ebm colorida boa.
    beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Talvez por não serem produzidas massivamente, as acelgas normalmente encontram-se nos mercados ou nas mercearias de bairro. Mas, claro, podem ser substituídas nesta receita por espinafres (cozinhados) como sugere a Sandra ou até por outros vegetais em cru como a rúcula.

    Bj*

    ResponderEliminar
  13. Suzana, que linda esta salada. Fiquei imaginando do pinoli com a abóbora. E este molho escorrendo pelo garfo.

    ResponderEliminar
  14. Pois que eu tenho a dizer que já experimentei e ficou uma coisa de outro mundo!!!!

    Muito obrigada!!!

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!