30.7.18

{ Verão na Cidade } Ceviches, causas e muita quinoa no Segundo Muelle

Segundo Muelle, Lisboa

Chega o verão e a cidade grande perde parte dos seus habitantes que rumam ao Sul. Dos encantos de quem tem Lisboa (quase) só para si ressalva-se a possibilidade de viajar no prato e ir conhecer restaurantes com sabores e aromas de outras paragens. Para inaugurar o Verão na Cidade deste ano o primeiro destino é o Perú e é no Segundo Muelle que a cozinha andina nos recebe de braços abertos.

Com o Cais do Sodré ali próximo e o rio por companhia, o restaurante que ocupa a esquina do edifício em frente ao jardim promete levar-nos até ao Pacífico. Se os ceviches se tornaram bandeira da cozinha peruana, aqui também há causas e todos os sabores da comida serrana, à boleia do ingrediente estrela que é a quinoa. E porque não há refeição completa sem um Pisco Sour, o bar ao fundo do restaurante faz magia em copos coloridos para nos manter felizes com as versões especiais de maracujá ou frutos vermelhos.

Segundo Muelle, Lisboa
Segundo Muelle, Lisboa

Tracemos então o plano da nossa viagem. Qualquer visita ao Segundo Muelle não deve fazer-se sem o afamado Cebiche Nikkei, onde cubos de atum e abacate são temperados com os sabores de fusão que caracterizam as influências nipónicas, numa harmonização com o milho peruano e ervilhas-tortas em juliana fina. A viagem pode continuar-se por pratos menos conhecidos e igualmente surpreendentes: aposta certa para quem gosta de texturas suaves é a causa de camarones, feita de puré de batata em camadas, com lima e malagueta e recheada com camarão. Para finalizar em pleno, é recomendável experimentar ainda o Risotto de quinua con lomo saltado. Das sobremesas escolha-se o Suspiro a la Limeña e haja o que houver não é possível partir sem provar a Mousse de Lucuma.

Com o itinerário decidido e prontos para a descoberta, é tempo de apreciar o couvert. Servidas num cesto, as bonitas Chifles são chips de banana pão acompanhadas com um molho picante de Aji Amarillo e pequenos grãos de milho Cancha.

Vamos até ao Perú?

Segundo Muelle, Lisboa
Segundo Muelle, Lisboa



No trio de entradas que servem o propósito de conhecer o que de melhor caracteriza a cozinha peruana, as influências do mar e da terra estão bem presentes com o peixe, o camarão e o salmão a cumprirem o seu papel. Não tivesse o Perú milhares de variedades diferentes de milho e este vegetal não teria lugar cativo em múltiplas formas e feitios. Dos três, guarda-se na memória o sabor a mar do Cebiche al oliva e a curiosa causa de camarão, que homenageia a batata como produto imprescindível na alimentação deste país.

Segundo Muelle, Lisboa>
Segundo Muelle, Lisboa
Segundo Muelle, Lisboa

Nos pratos principais, brinda-se aos risottos que os peruanos reinterpretam com a quinoa cremosa no lugar do arroz sedoso e um complemento de carne ou peixe cozinhado à parte. A pensar no tempo quente, o risotto de quinoa a la marinera apela aos sabores marítimos que constituem uma importante influência da sua cozinha mas é o risotto de quinua con lomo saltado que nos faz repetir. Entre o mar e a terra, o coração balança para os sabores fortes do prato que é assinatura deste espaço e que é absolutamente a não perder!

Ainda que a barriga peça clemência, é preciso terminar a refeição numa toada doce. Se o Suspiro a la Limeña é tudo o que promete ser, suave e crocante, doce e rico, é a Mousse de Lucuma que sela a viagem prometida. De nome misterioso, requer-se a explicação da fruta originária do Perú que dá corpo aos creme servido em camadas com bolachas de chocolate esmagadas e caramelo salgado a finalizar. Finda a aventura, é tempo de regressar já com saudades!

Segundo Muelle, Lisboa

--
Segundo Muelle
Praça Dom Luís, 30, Loja 4B,
Cais do Sodré, Lisboa

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo seu comentário!