13.12.11

17 receitas com "Chocolate e Picante"

Chocolate & Picante: um desafio de receitas com histórias dentro

Fazer um blogue sobre comida é aceitar ser a espaços, fotógrafo, escritor, criativo, narrador. Já para não falar de ser cozinheiro, chef, sous-chefe, lava-pratos, entre outros trabalhos maiores e menores. Da imaginação, engenho e talento de quem escreve, fotografa e concebe surgem 17 receitas com histórias dentro (ou serão histórias com comida dentro?) sob o tema Chocolate & Picante. Obrigada a todos!

Apresento-vos agora as participações, por ordem de chegada. As histórias, as imagens e as receitas merecem uma visita a cada blogue. Fica a promessa de sonhos, viagens e emoções fortes. Não deixem de as viver.

--

A minha tia faz anos e como não posso estar junto dela neste dia, envio-lhe daqui uma receita que preparei a pensar nela. Da Suécia com amor para uma tia muito especial, a Anasbageri oferece uns Bombons com açafrão e pimenta que aquecem os corações.

--

Hoje chegámos a um novo local. Parece simpático. A cidade tem uma luz especial. Ao longe vejo um castelo e um rio, o Tejo. A mãe preparou para nós uma sopa de abóbora picante com chocolate. Esta é a receita que costuma fazer quando mudamos de sítio e ela se sente feliz. A abóbora é um fruto mágico que combinado com o fogo do picante nos dá coragem. O chocolate ajuda as pessoas a revelar a magia que têm dentro delas. No Cinco Quartos de Laranja, há uma garantia de sonhos e ficção em forma de um Creme de abóbora picante com chocolate e uma dose de magia.

--

Naquele tempo as fadas transformavam as abóboras em lindas carruagens e a gata borralheira casava com um príncipe charmoso que percorrera o seu reino com um sapatinho de cristal na mão, mas os tempos mudaram a tradição já não é o que era e todos sabemos que as fadas não existem. Um Soufflé de Queijo da Ilha com Abóbora Assada para contar histórias de uma gata borralheira dos tempos modernos, assinadas pela Moira na sua Tertúlia de Sabores.

--

Há quase um ano que se mudara para aquele lugar, do outro lado do mundo, para uma terra cor de esmeralda. Sentia a saudade do que deixara e o fascínio das coisas novas que encontrara. Esta era a terra do chocolate, do café e dos chiles, do doce, do amargo e do picante, tal como era do sol, da chuva e do trovão... Vem acompanhada de Um Chocolate Quente... Muito Quente! servido por Cravo e Canela - Uma cozinha no Brasil.

--

O ar quente e húmido envolveu-a como uma espuma. Era o ar africano. Era a espuma do tempo. Na Oficina das Papitas - Cozinha para principiantes faz-se uma Mousse de Chocolate com Pimenta Rosa envolta em histórias de tempos perdidos ou o retorno à infância noutro continente.

--

Esperou que o vinho conquistasse o chocolate e as especiarias, libertando um perfume inebriante. Quando a temperatura estava perfeita - "nem muito quente, nem muito fria" - mergulhou uma colher de sopa e encheu uma chávena. Bebeu um tímido gole. E sentiu a paz. O conforto. O abraço que tanto tinha demorado a chegar. "O teu vinho e o meu chocolate são um só. Assim como nós..." No Coentros & Rabanetes serve-se uma Uma combinação perfeita para aquecer dias frios e apelar à memória dos sabores em forma de Chocolate quente de vinho com especiarias.

--

E o jogo começa: de verso em verso, iam rimando à toa até que alguma gaguejasse sem encontrar uma palavra a que se agarrar: “Pimenta na língua!” A caixa abria-se para dar mais um dos seus troféus. A pimenta na língua era o boa noite de todos os dias, a conversa arrumava-se e a mãe continuava sozinha as suas tarefas, as suas rimas, a sua solidão.Pela mão da Susana e do seu no soup for you vêm uns Bombons de Chocolate e pimenta para dar as boas noites à saudade.

--

A Mariana trouxera pão feito pela avó dela. Ainda vinha morno com o cheiro da lenha do forno onde cozeu. A avó Rita serviu o chá de cidreira, da cidreira que crescia no quintal, as fatias do pão barradas com manteiga e duas fatias pequenas de um bolo de chocolate que fazia como ninguém. Lá ficaram toda a tarde a tagarelar sobre “os trabalhos, os maridos e os filhos”, como se fossem gente crescida. Mimos de avó. O pão e o bolo de chocolate num cumplicidade de uma amizade infantil. Em nome da amizade, a Carla do blogue De cozinha em cozinha passando pela minha traz um pão para brindar a boas memórias: Pão de chocolate e malagueta para servir com chá de cidreira.

--

Fazia sempre o mesmo bolo de chocolate, todos os primeiros Domingos de cada mês. Enquanto a mãe e as irmãs iam à missa, ela ficava sozinha derretendo o chocolate e misturando-o com ovos e açúcar. Fazia-te bem uma oração, Laurinda, dizia-lhe a mãe. Já não tenho nada para conversar com Deus, respondia, com os olhos tão vestidos de preto como o seu corpo franzino. E curvava-se sobre a sua dor e os tachos enquanto as outras saíam. A história de um amor para sempre, o que une e separa duas pessoas e um bolo de chocolate com bombons de ginja escrito e feito no Come chocolates, pequena; come chocolates!

--

Aquele livro sobre o chocolate ainda não tinha sido terminado, abri ao acaso e um novo capítulo se iniciava com uma história sobre o Peru. Este país trazia-me saudades, muitas memórias e a vontade de voltar a viajar. Li a história de uma assentada, a meio percebi a confusão, e o tamanho das saudades, não se tratava do Peru mas de galinha. Outra, saudosa, coincidência. A minha amiga Manuela escreve sobre coincidências e os sabores de terras distantes e cozinha uma galinha que vem acompanhada de Mole Poblano de ensaio.

--

Desde sempre que o chocolate era a sua paixão. Sentada ao balcão da "Sonho de Chocolate", saboreando o seu brownie de chocolate e pimenta, recorda como tudo começou há 10 anos atrás. Quando deixou para trás uma vida confortável em Lisboa, um emprego estável e partiu em busca do seu sonho. Do Ananás e Hortelã surge um Sonho de Chocolate, uma personagem sonhadora, um gato chamado Chocolate e um Fox Terrier que responde por Pepper. E uma receita de Brownie de chocolate e pimenta de comer e chorar por mais.

--

A cozinha era a sua paixão. Para Clara, esta era o verdadeiro baú dos afectos. Achava que quem cozinhasse bem, tinha que ser boa pessoa porque um prato reflecte a alma do cozinheiro. Espreitou a despensa e verificou que tinha várias barras de chocolate. Há muito que desejava fazer uns bombons de chocolate e pimenta. Um renascer com chocolate e pimenta que no Notas Soltas & Coisas Doces se faz em forma de Bombons de mascarpone e pimenta rosa.

--

Tinha plena consciência que os gelados eram doces mas, por muito que pudessem duvidar da sua sanidade, ela ia continuar a apimentar a sua vida e a sonhar com o calor do verão em pleno inverno. Uma receita de Gelado de baunilha e pimenta rosa para aquecer corações e uma história sobre opostos que se atraem. A ler e provar no Canela Moída da Ameixinha.

--

"O essencial é invisível à vista", foi a frase de um livro preferido que lhe veio à cabeça, hesitou e sem querer magoá-lo, respondeu com um encolher de ombros, beijou-lhe a face, sorriu, correu em direcção ao mar e nadou até se tornar num ponto. Uma história de Verões passados, marés vivas e coisas da vida. Servidas no Sabores de Canela com um Chocolat chaud épicé.

--

Sempre vivemos separados durante a semana. O nosso amor preenchia-se em dois dias. No início era mais difícil. Segunda-feira e a despedida eram um tormento. Mas com o passar dos anos foi-se tornando mais fácil... mais tranquilo. O que importava era aproveitar ao máximo o fim-de-semana. Não existia mais nada naqueles dois dias... só nós os dois. Cinco trufas para dois e as razões para partilhar a última delas, uma história de amor e saudade e uma receita de Trufas Picantes no Dulce Pigmenta.

--

Comíamos e conversávamos. Daquelas conversas de avós e netos. E ríamos. E depois, ai depois... Vinha para a mesa uma pequena tablete de chocolate de leite ou negro, simples, do mais barato que os tempos não eram dados a luxos. E vinha também um saquinho de amêndoas torradas. No Figo Lampo conta-se uma estória de afectos e come-se uma tablete de chocolate negro com frutos apimentados para muitos fim de tarde.

--

Deixei-me dominar pelo misto de excitação, felicidade e nervoso miudinho que me invadiu. Nas duas malas, a meu lado na Gare, tinha empacotado a minha saudade. Tudo o que não coube na bagagem, reduzi a pó. Às onze badaladas, despedi-me dos três amigos, que são família e amigos, amigos e família e parti. No Reino da Prússia começa uma viagem de comboio pela vida, serve-se um chá de especiarias e oferece-se o passaporte para sonhar.


chocolate_picante

E cá estão as 17 participações, todas elas muito especiais. De novo, um agradecimento pelas receitas, fotografias e histórias feitas de chocolate e picante. Como referido anteriormente, a editora Casa das Letras do grupo Leya oferece dois exemplares do livro "Picante" às melhores participações onde a receita, a história e a(s) fotografia(s) formem um conjunto "que arda na boca" e que seja "de ler e chorar por mais". Os critérios para a escolha são a receita (criatividade, adequação ao tema, dificuldade), a história (contexto da receita, temática, escrita) e a fotografia (qualidade geral, técnica e narrativa visual). Assim, as duas participações que apresentam um conjunto mais forte nas 3 vertentes acima descritas são o Creme de abóbora picante com chocolate e uma dose de magia do Cinco Quartos de Laranja e o Chocolate (e) picante do Sabores de Canela. Parabéns!

A escolha foi difícil e a competição renhida até ao último momento deixando muita vontade de entregar um livro por cada participação. Como tal não é possível e para que possam recordar este desafio com histórias dentro todos os participantes recebem uma lembrança "picante" que também arde na boca e é de comer e chorar por mais.

salpicante

--
nota: as imagens utilizadas no "mosaico" que abre esta publicação são da autoria dos respectivos autores e estão pela ordem de participação seguida na apresentação.

11 comentários:

  1. Suzana
    Parabéns ao Gourmets por ter divulgado um passatempo tão interessante.
    Adorei ler a diversidade de histórias, com memórias e ficção qb.
    Vou levar mais um livro para o Brasil:))
    Beijo

    ResponderEliminar
  2. Querida Suzana,

    muito obrigada por teres lançado este desafio e me teres levado a escrever uma história com personagens de um universo que me é muito querido.

    Parabéns a todas as participantes.

    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  3. Parabéns às vencedoras, a todas as participantes e a ti Suzana, pela divulgação de um excelente desafio que resultou em todas estas receitas fantásticas. Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Muitos parabéns às vencedoras, apresentaram duas receitas fantásticas acompanhadas por belíssimas histórias. E parabéns à Suzana por lançar este desafio, é bom ter algo que nos estimule em várias das vertentes relacionadas com a culinária, foi um prazer participar e aguardo pelo próximo :)

    ResponderEliminar
  5. Suzana,
    Muito obrigada por esta iniciativa e pela oportunidade que nos deste, a todos, de participar. Os meus sinceros parabéns às duas vencedoras, pelos seus merecidos prémios e também a todos os participantes que nos encantaram com as suas histórias e deliciosas receitas. É um privilégio poder participar de uma comunidade com pessoas tão dedicadas e criativas. Um grande beijinho para todos deste lado de cá do Atlântico!

    ResponderEliminar
  6. Suzana, gostei tanto de participar como de me deliciar com as propostas que o teu desafio inspirou.
    Ums aliança tão poderosa quanto o chocolate e a pimenta só podia mesmo resultar em posts assim tão bonitos.
    Parabéns à Helena e à Laranjinha! :))

    Bjs.

    ResponderEliminar
  7. Muitíssimo bem escolhido :) Parabéns às justas vencedoras. Foi um gosto participar! Bj

    ResponderEliminar
  8. Suzana, com muita pena minha não consegui participar, o tempo não tem dado para tudo o que gostaria. Mas fico muito feliz por ver as histórias lindas que aqui apareceram.
    Parabéns a todos, e um beijinho especial para ti

    ResponderEliminar
  9. Hummmm só óptimas sugestões! Impossível será resistir-lhes tenho a certeza!

    Beijinhos ♥

    ResponderEliminar
  10. Infelizmente não consegui participar mas parabéns por este interessante desafio. Fiquei deliciada com as histórias e receitas. Parabéns a todos os participantes e às vencedoras :)beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Histórias divinas com receitas divinais. Adorei participar.
    Obrigada a todas as participantes por me proporcionarem momentos tão agradáveis.
    Obrigada à Suzana por ter lançado este projecto tão bonito.
    Parabéns às vencedoras.
    A todas, um feliz Natal.
    Maria

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!