27.12.11

{Good Things to Eat} Risotto de beterraba

Risotto de beterraba // Beetroot Risotto

Coisas boas para comer. É aquilo que nos apetece no momento. Uma tigela de sopa a fumegar. O que traz memórias de conforto e dias passados. Fatias de bolo e chá de jasmim. O que nos aquece no Inverno. O que nos refresca no Verão. Um copo de limonada com hortelã. A comida da mãe. Nozes com marmelada. Receitas de todos os dias. Massa com tomate e manjericão. Refeições especiais. Gelado e bolachas salpicadas de açúcar em pó.

Good Things to Eat é um livro sobre boa comida e receitas descomplicadas. O que faz dele um dos meus favoritos de 2011 é a voz única que possui. Lucas Hollweg escreve sobre as comidas que o tornam feliz, que lhe povoam as lembranças e lhe dão conforto. Por isso o livro é dividido em secções peculiares como "coisas para pôr em pão torrado" ou "mexilhões, lulas e outras criaturas" ou capítulos sobre "bagas e cerejas" ou "figos". E na minha perspectiva, alguém que escreve um capítulo inteiro dedicado aos figos só pode ser interessante. Para além disso, e por qualquer razão obscura, há uma pontinha de Nigel Slater que para mim o torna irresistível.

Feliz Natal // Merry Christmas
Risotto de beterraba // Beetroot Risotto

Como se (sub)entende da fotografia que abre esta publicação, o livro tem uma secção dedicada aos risottos e outros arrozes. Este risotto de beterraba tem uma cor vibrante. Como todos os risottos é comida simples e rápida que pode ser tão versátil quanto a imaginação e os ingredientes disponíveis permitirem. A cor pede um prato branco e apetece fotografá-lo para sempre. Mas como o risotto não espera são meia-dúzia de disparos e já está. É uma sugestão para dias preguiçosos que ainda assim não deixa de impressionar.

E do Natal só restam as cores festivas. Vermelho salpicado de verde e branco.



Risotto de beterraba com queijo de cabra
Adaptado a partir de uma receita de Lucas Hollweg, Good Things to Eat

serve 2

2 colheres (sopa) azeite
1 cebola pequena, picada
1 talo de aipo pequeno, fatiado
1 dente de alho, picado finamente
4 beterrabas pequenas, descascadas e raladas
1 litro caldo de vegetais
175 g arroz arbório
100 ml vinho branco seco
100 g queijo cabra ralado
2 colheres (sopa) natas
sal e pimenta preta moída na altura
cebolinho picado

Aqueça o caldo e junte a beterraba. Deixe levantar fervura e mantenha o caldo quente. Coloque o azeite numa caçarola larga de fundo grosso, com o alho, a cebola e o aipo. Aloure 2 minutos. Junte o arroz e mexa até este apresentar um aparência translúcida. Deite o vinho e mexa até evaporar. Comece a deitar o caldo (quente), uma concha de cada vez, mexendo sempre. Deve demorar cerca de 15 minutos até absorver todo o caldo e o arroz estar cozido. Tempere com sal e pimenta. Adicione metade do queijo e as natas. Rectifique o sal se necessário. Retire do lume e tape 2 minutos. Sirva com o restante queijo e cebolinho picado.

7 comentários:

  1. Adoro risotto. Em casa é o homem quem os cozinha. Na perfeição. Ontem jantamos risotto de cogumelos Portobello com pimento vermelho e rúcula. Uma delícia, muito cremoso, com cores e sabores de inverno. Receita a publicar em breve. Para já, vou colocar esta tua receita bem visível lá por casa, para que ele a possa fazer :)

    ResponderEliminar
  2. Suzana,
    acicataste a minha curiosidade. Já apontei o nome do livro para o "descobrir".
    Quanto ao risotto, devo dizer que tem um aspecto tentador. Eu adoro beterrabas. As cores deste prato são fantásticas e apetece ir para a cozinha e fazer esta receita.
    O teu texto, como sempre, está uma delícia. Apetece ler e reler uma e outra vez.
    Beijinhos,
    Paula

    ResponderEliminar
  3. Uhm... nem consigo descrever como fiquei só de pensar em saborear este risoto... maravilhoso!!!

    ResponderEliminar
  4. Este risotto deve ser muito bom. Adoro beterraba! O livro tabém parece delicioso. Acabei de o ir conhecer à Amazon. Fica na lista. Gosto de livros assim. Que são mais do que receitas. E o capítulo dedicado aos figos também me covenceu :)
    Beijinhos e continuação de boas festas.

    ResponderEliminar
  5. Fantastica receita.. tenho mesmo uma beterraba cá acho que vou seguir a tua receita. beijos e umas boas entradas!

    ResponderEliminar
  6. Adoro risotto e beterrabda. Parece-me perfeita a receita, a cor vibrante, a combinação com o queijo de cabra. Apetece-me ter esse livro entre mãos :)
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  7. Suzana querida,
    Esse risotto é maravilhoso. Fi-lo há algum tempo, depois de ter visto a receita no Dicionário dos Sabores. Eu adorei e tentei convencer a milnha filha a come-lo, perguntando se ela queria arroz cor de rosa. Mas elanao se deixou iludir pela aparencia!
    Beijinho de boas festas!
    Sofia

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!